DUPLA PENETRAÇÃO COM DESCONHECIDO


Click to Download this video!


Eu não conseguia desgrudar da pica do Rodrigo, fodendo adoidada e só sosseguei com dois supermachos numa dupla penetração. Para melhor entendimento leia o conto anterior.

Arrebatada de gozo, eu não conseguia desgrudar da pica do Rodrigo, cachorrona de desejos, fodendo adoidada na pica de sonhos, e só sosseguei depois de ter dois supermachos me comendo numa DP. Só havia eu e o Rodrigo metendo a fúria do pau no meu cu, naquela praia deserta, quando vi um homem na trilha ao longe. Era belo e eu o desejei para uma DP. Porra, seria gozo demais!

Meus queridos leitores, acho que vocês já perceberam que esta narrativa daquela praia dos rochedos é inteiramente verdadeira, são pedaços da minha vida ao vivo. Às vezes, invento uma historinha para dar colorido ou apimentar a minha realidade, mas mesmo aí, o que realmente importa, o amor despudorado, é real. Eu só escrevo sob os efeitos do amor levado aos extremos da paixão. O sabor e o deslumbramento de prazeres desenfreados que vocês encontram em todos os meus contos tem de estar na boca, na xotinha, no cuzinho, no corpo todo, no alfa da vida. Essa parte é sempre real e escrita sob os efeitos da vivência com um macho arrebatador, mas esta história é uma parte inteira da minha vida que eu estou levando ao conto, inteiramente mergulhada no macho. Degustá-la é degustar Meldívia, praticamente ao sabor de cada palavra, de cada acontecimento e de cada fornicada. Eu estou inteirinha aqui.

Aquela caminhada dos arrebatamentos de gozo na trilha até a praia foi repleta de toques e carinhos de dois seres embeiçados de amor macio e paixão arrebatadora até eu ser apanhada pela fúria do pau no meu cu sob o sol que nos aquecia e dourava nossos corpos.
Arrebatada de gozo, eu não conseguia desgrudar da pica do Rodrigo, cachorrona de desejos, fodendo adoidada na pica de sonhos. Só havia eu e o Rodrigo me comendo, naquela praia deserta, quando vi um homem na trilha ao longe. Era belo e eu o desejei para uma DP. Porra, seria gozo demais!
Mesmo a distância, deu para ver que era belo e sarado e a minha fome insaciável de pau me fez considerar uma dupla penetração. Por que não? Só faltaria o pau no cuzinho e ele tinha o jeitão de ter um belo pau. Eu fiquei alucinada para unir o gozo fantástico do Rodrigo na bocetinha ao gozo arrasador que me consumia no cuzinho. Seria o dobro do gozo que um homem poderia ter. Tudo de uma vez eu aguentaria? Aguento! Eu fiquei a arder em desejos de uma DP. Porra! Metida por dois caralhos!

Disse ao Rodrigo enquanto ele me fodia na brutalidade das enterradas:


- Temos um visitante e é um homem com boa aparência. Ocorreu-me que seria divertido fazermos uma DP. O que é que tu achas? Só os três em toda essa belezura de praia... Os machos me abusando e me fodendo com selvageria.

- Se for para o teu prazer, não há problema, mas não posso negar que tenho ciúme dessa bundinha e dessa bocetinha.

- Ummmmm, ciuminho é bom, mas seria só DP e ponto final. Tu me conquistaste por inteiro e ele seria apenas o número dois para prazeres desenfreados. Só cuzinho. O amor é todo nosso e eu não quero que alguém o tire de nós. Ele faria o contraponto no meu cuzinho enquanto tu me darias uma superfoda de boceta e clitóris. Caralho! Com tua superfoda estimulada com a fornicação no cuzinho eu iria morrer de gozo.

Contigo é amor envolvente, há uma interação de amor, um sentimento profundo que nos une muito estreitamente. Tua paixão tórrida é o coroamento do amor. Acabamos de nos conhecer e me sinto totalmente envolvida. Teu caralho bruto me conquistou para sempre. Com o estranho seria só paixão, apenas uma foda, pura diversão do cuzinho, sem nenhum envolvimento amoroso, como uma coçada ou uma massagem. Haverá apenas prazer, não envolvimento. Seria só uma troca de favores: uma coçada no meu cuzinho em troca de se divertir com a minha bundinha. Só prazeres sem amor e sem beijinho. É só pau, pau, e tchau, tchau. E a tua fêmea estrebucharia grosso no teu pau como tu gostas de ver. Mas só se tu quiseres. Não poderá ser um tormento para ti, mas prazeres desenfreados para três e amor arrebatador para dois.

- Como contestar tua racionalidade? Mas tu o cativas?

- Claro! Eu não te cativei? É só paixão, e com minhas coxas e meus seios quem não se rende à paixão? O amor é raro e sutil, só existe em pessoas muito especiais, mas paixão é como bunda, todo o mundo tem e dá de graça e até paga.

Ri.

- Até os tarados.

- É verdade! Eu fui cativado! Paixão e amor. Tu és muito envolvente e me cantaste com uma simples pergunta tola. Como eu caí na tua lábia! Também com tuas coisas lindas exibidas, quem te escapa? Como não me deslumbrar com tais peitos, pernas, bunda e esse sorriso envolvente e deslumbrante?

- Acho que a ternura nos pegou. Ela se expressou pelos nossos olhos. É raro, mas dois corações ternos sempre se reconhecem. Eu corri para te alcançar porque me senti atraída ao ver-te sair do matinho. Tu me pareceste o homem feito para mim e eu quis te conhecer. Cativei-te com meus peitos insinuantes. Tu mergulhaste neles e não tinhas como escapar da sua sedução. Quando tu lhe deitaste as mãos, eu considerei: esse está no papo, se for digno vai acabar de boca nas minhas pernas e no meu rego. Meus peitos são irresistíveis à ternura e tu és tão terno! Tu és um homem raro: terno e tarado, uma combinação irresistível para a Mel. Meus peitos e minhas coxas são minhas armas fatais: exibi, peguei! Mas se a cantada for burra dou de ombros...

Sou eu sempre que cativo meus homens usando a sedução. Se o homem me atrai, for terno, inteligente e bom de paixão, seduzo mesmo. E se for capaz de um amor transcendental... Seduzo e aguardo a cantada. Se prestar sigo em frente, se for burra... E não penses que um tarado me pega à revelia. Sou faixa preta em capoeira e ponho machos sarados para correr. Eu te dei porque tu passaste em todos os testes, fazendo crescer meus desejos, e eu quis te cativar. Acho que só sossegarei o pito quando encontrar o homem que preencha minhas carências espirituais, ternas e instintivas. Acho que tu és o homem e o macho para me completares. Se falhares, serás a maior frustração da minha vida.

Só não correspondi às tuas mensagens no site porque mostraste o pau, mas não mataste a cobra, como tantos outros. Faltou conteúdo. Acho que tu apenas consideraste: “vou comer essa delícia de putinha”. E deu burrice. Isso só funciona com cadelas carentes e eu morro de rir de vocês. Exibem o pau, orgulhosos como se fosse o documento, como se fosse a sua identidade e tudo o que têm. De que vale o pau? O que realmente importa é o que ele é capaz de fazer com a fêmea. O pênis ideal entra todo e com força, faz as supertransas dos Tesões Grandões e é capaz do Tratamento de Choque, deslumbrando a fêmea com prazeres desenfreados. Quem fode como o cachorrinho de madame é extremamente ridículo.

Nunca respondi positivamente àquelas mensagens porque não encontrei nenhuma inteligência. Só me veem como puta. Se uma mulher está nua é puta. Esse é o nosso drama: se somos exibidas, somos putas; se somos recatadas, não temos graça. Os homens só olham para as exibidas, mas as veem como putas. Só pensam em comê-las. Porém amor e paixão arrebatadora são qualidades raras e tenho de seduzir todos até encontrar o que quero.

Como seduzir os homens senão com coisinhas lindas? Se minha bunda fosse feia tu me darias o teu aconchego? Nem eu se tu fosses burro. Mas como saber sem o pré-conhecimento? Acho que eu tinha o prego aceso que foi iluminando tuas qualidades. Nossos corações e mentes estão tão integrados que eu creio piamente que fomos feitos um para o outro. Mas DP só se tu quiseres. Não será uma tortura para ti. Tem de ser prazeres desenfreados para três e amor arrebatador para dois.

- É impossível contestar tua racionalidade e teu saber. Mas valeu. Teus mimos são belos demais para serem ignorados. Só mesmo caindo de boca. É inexorável. Lamento ter sido tão estúpido nas mensagens. Tu és tesuda, mas não és puta e sabes o que queres e eu estou feliz por me quereres. Tu te mostras como és para o homem que tu queres: bela e tesuda, e quando descobrimos o que não vemos... Sinto que ainda tenho muito a descobrir nesse coração de ternura e nessa cabecinha sábia... e espero ser o que tu queres.

Bem, eu tinha o amor e a concordância do Rodrigo. Sua paixão exorbitava no pau duro e meus buraquinhos ferviam de desejos como numa união transcendental.

A trilha desembocava próximo de onde estávamos e o estranho surpreendeu-se com nossa nudez. Sorri-lhe:

- Oi, tudo bem? Somos naturistas e não temos muita preocupação com roupas. Tudo ao léu é mais confortável. Fica nu para veres. Por isso procuramos praias onde a roupa não tem importância e nos obrigam a longas caminhadas para mantermos a forma.

Rodrigo desencanou e resolveu falar:

- Minha garota sonha com uma DP e encantou-se com tua aparência. Tens alguma coisa contra? Vê o que tu ganhas...

Eu procurei ser simpática e desinibida:

- Tu és um homem atraente e eu estou deveras interessada em fazer uma dupla penetração. Vê o que tu ganharás para foder se colaborares.

Dei uma rebolada na bundinha que o deixou babando e dei uma palhinha da dança da garrafa (o tcham) que eu faria na sua pica para estimulá-lo e ajudá-lo a entrar no meu cuzinho. A pica tomou volume embaixo da bermuda excitando-me os desejos e ele só conseguiu dizer:

- É uma bundinha fantástica!

- É toda tua para uma dupla penetração. Se estás de acordo, vamos ver o que tu tens aí para me dar.

Ele apressou-se em tirar a bermuda e deixou ver uma porra dura, robusta e
bem comprida, ideal para abusar de um cu. Sorri-lhe:

- É uma pica talentosa para arrombar-me. Se quiseres dar um mergulho e descansar da caminhada... esteja à vontade, mas um homem suado é relaxante e estimulante para uma mulher tesuda.

Ele estava meio desajeitado:

- Eu nunca fiz DP. O que eu tenho de fazer?

- É só deitares de costas e fornicares quando estiveres com tudo dentro.

Doidão pela expectativa de foder os meus mimos ele estava de pau duro.

Sorriu:

- Se é assim, vamos aos prazeres, já que tudo está nos trinques e eu estou adorando teus cheiros. Estou alucinado por essa bunda. Será o complemento da caminhada.

Fiz-lhe a dança do tcham de bunda virada para ele e, rebolando a bundinha, fui dançando ao encontro da pica com toques na cabecinha e enterrando no instrumento longo que ficava super-duro. Rebolei e dancei muito para meter-me na pica grossa e comprida, mas a coisa foi amaciando e enterrando. Quando eu estava com tudo dentro, ainda numa entalada bruta e dolorida, deitei-me para trás no seu peito e dei uma grande relaxada. O cu se ajustou e foi ao lugar. Disse-lhe:

- Meu cuzinho já está amaciando. Mete à vontade e vai acelerando. Podes te divertir com minhas tetas. São belas, não? Não te constranjas de me abusar. Gosto de picas bem selvagens.

- Tuas tetas são as mais belas que já vi.

Ele tinha vontade mesmo. Com uns quarenta anos, tinha muita força na verga, ternura e mostrou disposição para me foder. A dança o deixou todo dentro e confortável para o cuzinho amaciando. Meteu com força com enterradas profundas e foi acelerando as estocadas, abusando do meu cu e apertando-me os peitos. Levava jeito para ser um bom parceiro de folguedos e aquele pau no meu cuzinho metia com força, veloz e apertado, arrepiando-me. Porra, o cuzinho sofria, mas dava o prazer do caralho. Quanto prazer! Doía, mas foi se tornando prazeroso. Ele foi pondo os prazeres na ponta da vara abusada em enterradas profundas e gozosas que coçavam minhas profundezas com prazeres alucinantes. A cada metida da vara o meu cuzinho trepidava de gozo bruto e ele se afeiçoava à nova maneira de foder.

Trepidando de gozo no cuzinho, sorri para Rodrigo, abrindo-lhe as pernas e os braços. Ele veio em cima numa superfoda de boceta e clitóris e arrebatou-me de gozo extremo. Fiz contrações na bocetinha e no cuzinho e eles foram à loucura fodendo com toda a força, dando-me orgasmos múltiplos na boceta, no grelinho e no cuzinho. Rodrigo abusava da minha bocetinha, dando-me estocadas brutas e o macho desconhecido fazia o mesmo com o meu cuzinho.

Gritando de prazeres dos grandes, eu explodia em gozo apertando Rodrigo nas costas com as mãos. Meus calcanhares lhe apertavam a bunda. Disse ao parceiro que me arrombava o cu com grandes estocadas:
- Aperta minhas tetas. São boas de apertar, não são?
- São delícia. Nunca imaginei tão fofas.
- Eu estou trepidando de gozo entre duas picas. Já perdi a conta dos orgasmos múltiplos. Podem ficar brutos que eu aguento: força na verga! Deem-me o Tratamento de Choque.

Eu fiquei a estrebuchar de tesão entre dois caralhos arrasadores que me punham gozos arrebatadores no corpo todo. Eu gemia, gritava e rebolava naqueles caralhos que me enchiam de frissons. Era gozo arrebatador para uma superfêmea. Logo surgiu um casalzinho e ficaram assistindo impressionados com o meu gozo e a brutalidade dos caralhos que me fodiam. A menina começou a esfregar a bundinha no caralho e eu a ouvi dizer:

- Eu estou ardendo por uma trepada dessas e não tardou estavam nus e engatados. Quando acabamos, a menina gemia fundo e suplicou ao Gilberto, o nosso parceiro desconhecido:

- Fode o meu cu? Estou louca por uma DP dessas.

Ela era bela e, feliz de ter mais um belo cuzinho para meter, Gilberto sorriu:

- Claro! É um lindo cuzinho.

Ensinamos-lhes a superpegada das superfodas e, toda engatada, a menina gemeu alucinada:

- Aaaaaaiiiii, caralho! Vou morrer de tanto gozar... Que foda fantástica! Essa de foder boceta e clitóris juntos é mesmo de foder! E com o gozo do cuzinho... Aaaaiii, quanto gozo! Aaaaaiiiii, porra!

E seguiu gritando prazeres inauditos em gemidos contínuos até a super DP acabar, estrebuchando orgasmos arrebatadores.

O nosso gozo foi uma loucura e Gilberto jurou que nunca havia gozado tanto e se dispôs a voltar ao cooper, prontificando-se a participar do que quiséssemos. Por que não? Ele fazia com amor e bruteza e uma ou duas DPs daquelas nos fins de semana era um complemento delicioso ao Cooper e a nossas trepadas bravias.

E com minha bundinha na roda, quem não ia querer? E ele tinha tanta ternura pela minha bundinha... Aquela praia iria ter frequentadores assíduos e eu tive meus machos para os fins de semana com gozo de alto nível: Amor de paixão desenfreada do Rodrigo que se apaixonava por mim e aquela paixão plenamente colaboradora com um caralho jeitoso e bruto para o cuzinho. Os fins de semana tornaram-se a festa que eu queria. Dei meu livro para o Gilberto para ele foder suas fêmeas com superfodas de alto nível. Outros casais foram aderindo e ganhando o livro. Em poucas semanas, tínhamos uma bela platéia para as nossas DPs e uma sinfonia de gemidos e gritos de prazer. Foram aparecendo até alguns homens atrás de um cu. E a bela praia tornou-se uma suruba muito animada com meninas pedindo maluquinhas:

- Fode o meu cu?

O melhor de Gilberto é que ele era muito terno. Com cerca de quarenta anos era um paizão encantador para as meninas que o amávamos fodendo com alegria num contraponto às superfodas dos nossos namorados. Rodrigo já era meu namorado: inteligente, terno, sábio e abusado ao arrombar minha bocetinha com superfodas, conquistou-me completamente no primeiro embate amoroso e cada dia mais eu pensava em cuidar só de um caralho, o dele, mas enquanto tínhamos o Gilberto para o contraponto das DPs, íamos levando. Rodrigo também se afeiçoara à ternura com que ele me dava prazer.

Creio que algumas daquelas meninas eram garotas de programa, como sobressaía de suas carinhas: umas alegres e encantadoras, gozando livremente os prazeres do amor de seus namorados e outras sisudas que pareciam foder por obrigação. Porém dar por dinheiro é horrível. O pênis é a melhor coisa da vida de uma mulher. Tem de ser degustado com amor e ternura e muito desejo, mesmo quando extrapolamos arrebatadas pelos prazeres e abusos do pau, estrebuchando gozo desenfreado.

O pênis não pode ferir, salvo se for maior do que a vagina, e para ser bom tem de ser grosso e selvagem... Pênis devagar que mal chega a dar um ou dois orgasmos é horrível e, segundo estudos, trinta e cinco por cento das mulheres não têm prazer ou fingem que têm. Minha alegria seria que todos os homens aprendessem a foder como o Rodrigo para que todas as mulheres tivessem o gozo que merecem. Adoro brincar de ser abusada com pênis bruto. O melhor de Rodrigo e Gilberto é que eles sabem abusar-me e a DP torna-se um ato de amor e gozo desenfreado. Crime é bater numa mulher ou foder por dinheiro. Um caralho selvagem é para ser amado, não comercializado. A bocetinha também é só para o amor!

Na volta da praia, como me separar do macho desejado por minha mente, meu coração e pelos desejos alucinantes do meu corpo? Disse-lhe:

Não dá! Vem para minha casa. Façamos de nossas vidas uma festa de amor e paixão arrebatadora... Toma a minha bocetinha e meu cuzinho só para ti, mas eu quero esse caralho tarado só para mim.

E aí, meu amor? Gozou gostoso? Então vote e ganhe o meu beijo.

Fim

Foto 1 do Conto erotico: DUPLA PENETRAÇÃO COM DESCONHECIDO

Foto 2 do Conto erotico: DUPLA PENETRAÇÃO COM DESCONHECIDO

Foto 3 do Conto erotico: DUPLA PENETRAÇÃO COM DESCONHECIDO

Foto 4 do Conto erotico: DUPLA PENETRAÇÃO COM DESCONHECIDO

Foto 5 do Conto erotico: DUPLA PENETRAÇÃO COM DESCONHECIDO


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario ruca2510

ruca2510 Comentou em 20/05/2017

Votado!! Não tem melhor que uma DP com dois paus gostosos... Adoro!!! Beijos da Ruca

foto perfil usuario safadinhobr

safadinhobr Comentou em 23/03/2017

Me add e eu queria dizer que gozei muito com o seu conto

foto perfil usuario laureen

laureen Comentou em 05/03/2017

delícia de conto, super excitante e bem escrito bjos da Laureen leia os meus amor

foto perfil usuario fulano

fulano Comentou em 04/03/2017

Toda putinha ama uma DP

foto perfil usuario Soninha88

Soninha88 Comentou em 04/03/2017

delícia de conto, super excitante e bem escrito descrevendo todos os momentos de tesão...fotos sensuais...votado...bjs

foto perfil usuario oscar31

oscar31 Comentou em 03/03/2017

Delícia de conto tem meu voto.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


71573 - MINHA PRIMEIRA VEZ FOI UMA DP - Categoria: Virgens - Votos: 103
71724 - REBOLANDO NO PICAÇO NO JOGO DA ARGOLINHA - Categoria: Exibicionismo - Votos: 23
71847 - SEDUZI MEU TIO - Categoria: Incesto - Votos: 56
71890 - SEDUZINDO MEU PRIMINHO - Categoria: Exibicionismo - Votos: 29
72102 - A SURUBA DAS VIRGENS - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 14
72162 - COMO COMER UMA FÊMEA - Categoria: Lésbicas - Votos: 15
72289 - COMO UMA CADELA NO CIO - Categoria: Incesto - Votos: 19
72330 - ESTUPREI O ESTUPRADOR - Categoria: Exibicionismo - Votos: 25
72452 - ESTUPREI O ESTUPRADOR – 2 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 13
72498 - NÃO RESISTI E DEI PARA O PERSONAL TRAINER - Categoria: Heterosexual - Votos: 15
72843 - EXIBI TUDO PARA MEU PRIMO E ELE ME PEGOU DE JEITO - Categoria: Incesto - Votos: 15
73298 - MEU PRIMO ME FEZ A FODA DO SÉCULO - Categoria: Exibicionismo - Votos: 10
74145 - PEGOS PELA CÂMERA DE VIGILÂNCIA NO BEM BOM - Categoria: Exibicionismo - Votos: 5
74224 - REBOLANDO NO JOGO DA ARGOLINHA - Categoria: Exibicionismo - Votos: 9
74471 - MEUS TRÊS AMORES ME PEGARAM - Categoria: Incesto - Votos: 18
75591 - PEGADA PELOS PINTORES - Categoria: Exibicionismo - Votos: 11
75887 - NATAL NA CAMA COM MEUS PRIMOS - Categoria: Incesto - Votos: 8
77986 - DON’T DISTURB: CHEFE FODENDO A SECRETÁRIA - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
78130 - MEU TIO, MEU MACHO - Categoria: Exibicionismo - Votos: 11
83598 - A SURUBA DOS PRIMOS - Categoria: Incesto - Votos: 15
83896 - A RIQUEZA E A POBREZA DAS NAÇÕES - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 23
84288 - ARREBATADA DE GOZO PELO MEU PAI - Categoria: Incesto - Votos: 66
84777 - O PIZZAIOLO TARADO - Categoria: Heterosexual - Votos: 25
85071 - DESLUMBRADA POR HOMEM ARREBATADOR - Categoria: Heterosexual - Votos: 37
85738 - DEPOIS DE ODIÁ-LOS, DESLUMBREI-ME PELOS HOMENS - Categoria: Heterosexual - Votos: 11
87167 - DESLUMBRADA PELA PICA DOS TESÕES GRANDÕES - Categoria: Heterosexual - Votos: 21
87785 - MEUS AMORES DE PAIXÃO ARREBATADORA - Categoria: Heterosexual - Votos: 35
89017 - DEU PARA O MASCARADO PENSANDO QUE FOSSE O NOIVO - Categoria: Heterosexual - Votos: 23
89661 - O MECÂNICO ME ENCHEU DE GRAXA E FODAS BRUTAS - Categoria: Exibicionismo - Votos: 28
90473 - O MECÂNICO ME ENCHEU DE... (2ª Parte) - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 26
92948 - O MECÂNICO (3ª parte) DÁ O QUE FODER - Categoria: Heterosexual - Votos: 15
96272 - COMEMOS AS PORRAS DOS PRIMOS ANTES DA CEIA NA FESTA DO PERU DE NATAL - Categoria: Incesto - Votos: 14
98785 - O NEGRÃO DE PAU ESPERTO QUE VEIO CONSERTAR O CHUVEIRO CONSERTOU TAMBÉM A MINHA XANA DE CADELA NO CIO - Categoria: Interrraciais - Votos: 29
99402 - MEU PADRASTO ME TIROU O CABAÇO E VIREI SUA PUTINHA - Categoria: Incesto - Votos: 15
99473 - O PAPY COMEU MEU CABAÇO E EU VIREI A PUTA DA FAMÍLIA COM A ADESÃO DO MANO E DA MAMÃE - Categoria: Incesto - Votos: 23
99730 - DUAS FÊMEAS ARROMBADAS PELO SUPER CARALHO. - Categoria: Interrraciais - Votos: 21
100958 - LOUCOS PARA FODER ELE ME CANTOU COM O PAU DURO E EU COM AS TETAS EXIBIDAS - Categoria: Exibicionismo - Votos: 20
101038 - TRAÍDA, MAMÃE VINGOU-SE COM A XANA. OS COLEGAS DA EMPRESA AMARAM - Categoria: Traição/Corno - Votos: 36
103571 - ACORDEI NUA NA PRAIA RODEADA DE NUDISTAS DE PAU DURO. LOUCA POR ROLA FUI PUTA PARA TODOS POR UM DIA - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 19
105166 - FUI O TROFÉU NO TORNEIO DE BILHAR último conto se não for votado dignamente - Categoria: Exibicionismo - Votos: 40
105505 - DEI PARA UM TIME DE FUTEBOL COMO O TROFÉU DA VITÓRIA. DESTA VEZ FOI UM JOGO COLETIVO - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 23
106337 - FODENDO NA CHUVA SACUDIDA PELOS TROVÕES. COM FOTOS - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 23
106378 - MAIS SUPERPEGADA COM CHUVA E TROVÕES. COM FOTOS - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 17
109285 - ENRABADA NA CHUVA E OUTRAS TARAS - Categoria: Heterosexual - Votos: 20
109562 - FODIDA PELO TITIO NO SÍTIO DAS TARAS - Categoria: Incesto - Votos: 21
110135 - VIAGEM AOS SEIOS DE MELISSA - Categoria: Heterosexual - Votos: 14
110995 - FODAS DE NATAL NO SÍTIO DAS TARAS E A GRANDE SURUBA - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 16
111098 - A GRANDE SURUBA DE ANO NOVO - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 22
111259 - ARROMBADA À FORÇA NO CU PELO NEGÃO PAUSUDO - Categoria: Interrraciais - Votos: 32
114140 - FODIDA COM GOZO EXTREMO - Categoria: Heterosexual - Votos: 23
115626 - DANDO PRA CACHORRO. UM DOBERMAN PAUSUDO, TARADO, LAMBEDOR E CARINHOSO... ACABEI ENGATADA NELE - Categoria: Zoofilia - Votos: 34
116705 - CONTO CURTO, MAS FODA ARRASADORA. QUE ME FODA O CARALHO DO TITIO - Categoria: Incesto - Votos: 21
116978 - TITIO ME RAPTOU PARA PASSAR AS FÉRIAS NO SÍTIO DAS TARAS. QUE ME FODA O TITIO - Categoria: Incesto - Votos: 20
117626 - LOUCA DE GOZO NA SURUBA DO SÍTIO DAS TARAS - Categoria: Incesto - Votos: 18
117713 - O PÉ DE BOCETEIRO E AS SUPER FODAS ARREBATADORAS NO SÍTIO DE NUDISMO - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 14
117939 - FODAS CAVALARES NO SÍTIO DE NUDISMO - Categoria: Incesto - Votos: 23
119230 - FODIDA PELO NAMORADO DA ANA MARIA COM SUA AJUDA - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 14
119546 - PEGADA POR DOIS NEGRÕES PAUSUDOS - Categoria: Interrraciais - Votos: 20
119827 - À Noite com o Titio no Sítio de Nudismo - Categoria: Incesto - Votos: 14
120478 - Peguei o Cavalariço Nu no Sítio de Nudismo - Categoria: Heterosexual - Votos: 12
122017 - Dando para os Peões Suados no Sítio de Nudismo - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
123263 - Eu e Ana Maria Pegamos o Cavalariço para Foder no Sítio de Nudismo - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 13
123573 - Dei para o Pausudo na Inauguração do Sítio de Nudismo - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
123751 - Arrombadas na Inauguração do Sítio de Nudismo - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10
123959 - Dei para Cinco Meninos numa Gang-Bang de Arrasar - no Sítio de Nudismo - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 15
124113 - DP com o Titio e a Pica Cabeçuda no Sítio de Nudismo - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 18
124260 - A Molecada do Colégio me Passou a Vara no Sítio de Nudismo - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 23
124453 - Caí na Pica Cabeçuda e Gozei Prazeres Brutos no Sítio de Nudismo - Categoria: Heterosexual - Votos: 27
124607 - Uma Foda de Doer na Estrada do Sítio de Nudismo - Categoria: Exibicionismo - Votos: 13
124823 - Como Deixar uma Fêmea Maluca de Gozo – No Sítio de Nudismo - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
125181 - O Macho Incrível me Comeu entre as Flores no Sítio de Nudismo - Categoria: Heterosexual - Votos: 13

Ficha do conto

Foto Perfil meldivia
meldivia

Nome do conto:
DUPLA PENETRAÇÃO COM DESCONHECIDO

Codigo do conto:
97534

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
03/03/2017

Quant.de Votos:
13

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


contos eroticos meus colegas me abusaraocontos eroticos com imagens eu e meus amigos comemos a minha mae bebadacontos de esposas punhetandos os amigosincesto erotico exame medicoContos eroticos minha avo da pra todo mundocontos eroticos tomando leite no curralconto eroticos sequestrou mãe filha enrabadaconto meu sogro so quis o cucontos eróticos com ceginha vaninha coroa gostosa conto erotico com fotoconto erotico cdzinha no carnavalpornocontoincesoporno em familia em quadrinhoscontos pornô narrado de sogro f****** a noraConto eroticos papakucomi o cu da minha esposa a forca contos eroticoscontos eroticos sou casada trai meu marido com o amigo dele consentimento do cornoenceto filho vai visita a mae e ela provoca ele e fode ela gemia pornoo pastor me comeu na marra com pauzao enorme contosquadrinhos eroticos acausinha em fiada da budinha da minha filinhaminha priminha titio contos eróticoscontoerotico ninfeta pega a força por taxistamamei mae contocontos exitantes meu amigo garanhão comeu meu cabacinhoconti erotico a massagista enfiou o dedo no meu cu e chupaconto estuprado por varias travestiporno prinboycomendo a bucetinha da lucinha e o cuzinho da ritinha contos eroticosflagrei o amigo do meu pai batendo punheta com minha callcinha usada/contosconto erotico coroas de cornos bucedas capeludascasada novinho conto eroticopai tio e amigos contosprovoquei meu pai no banho e ele me fodeu incesto contosminha esposa com seu cunhado peludao conto corno bititiy a camisinha ta dentro conto eroticoconto compartilhei minha esposaquadrinhos de erotico a picadacontos eróticos seduzindo o sobrinhocontos eroticos em quadrinhos meu sogro me arrombou comisccontos de corno surubacontos a minha sogra cinquentona é uma verdadeira putaconto a pregadora da igreja safadacontos gay apartamentoo cuzinho da mamãexvideopirocudos na punhetaporno homem sente macho te dando cutucada no onibusputinhas do mirandolacontos quadrinhos reaisr u s mexendo no glilinho ela gozacomi minha cunhadinha virgencasada engravidou favela contoscontos gay apartamentocumplices de um resgate contos eroticos gaystia safadagibiconto anal surpresaflagrei minha cunhada cheirando minha cueca contos eroticoscontoeroticotrepadaconto erotico minha namorada dançando forro com meu tiofotos em quadinhos porno vigindadeLevei a esposa do meu sobrinho pro motel eu fudi seu bucetao e seu cu conto eroticoconto erotico de cabo frio com finegros enche casada de porra para corno limparsai os pedreiro comendo minha mãe contos eróticosmamei leiteno peito da gostosa contossexi com moleques de Ruaconto eróticoanimes porno mãe e filhocontos de bixinhas safadas peerdendo cabacoPopaye gay porno fotoperfil sapegadorConto erotico padrastro com enteada na favela com fotos picantesContos eroticos de noras novinhas que trai com sogroconto erotico minha namorada dançando forro com meu tiohentai+cunhadaConto foda com uma rabuda de fio dentalmeutio cacetudo conto cornocontos eroticos juvenisscat a força contoqual a senssao q a mulher sente na buceta peluda quando e estrupadaenteada gripado palhaçobundinha pra dois contoconto erotico sofri nas mais de dois dotadosxxx cunhada tempo de ferias com cunhadocontos eroticos escritos lesbicos me dar melzinho.contos eroticos corno casa praiacontos me assustei na praia de nudismoo pau do meu irmao contosxvideo familiano conto erotico melho tramsa d minha vida foi com minha mae e minha tiaConto erotico de novinhacontos padrasto submissão