CAMINHONEIRO COMEDOR NA BR – PARTE 03


Click to Download this video!


Apesar de ter dado o rabo já duas vezes, eu seguia normal no dia a dia, ninguém do meu convívio imaginava isso, somente eu e o Andre sabíamos.
Um tempo depois disso tudo, sem nada para fazer num belo dia, resolvi ir na banca de revistas atrás de putaria, já fui direto no canto dela aonde ficava oque eu queria e peguei uma revista com a capa que eu gosto, mulher fodendo com dois, e mais no cantinho, tinha uma que me chamou atenção, um travesti estava na capa, não somente uma revista de putaria, mas com artigos sobre travestis, aquilo caiu como uma luva pra mim, juntei elas, paguei e vazei.
Cheguei em casa, e já abri logo a de travestis, tinha varias informações, me identifiquei muito com tudo aquilo, a vontade de se vestir de mulher era grande por mim, então minha cabeça tava cheia de ideias, e que beleza, bem no meio da revista tinha um sex shop com anúncios sobre roupas, lingeries e perucas, exatamente oque eu queria, mas não era barato, não pra mim que só estudava e não tinha renda,
De cara já tinha me interessado pelas cintas ligas e meias calças, uma peruca loira longa com franjas, um pênis de borracha, e um gel anal que tinha, como já tava na cabeça que ia comprar, aproveitei pra pegar tudo, somei e fui da um jeito de arrumar o dinheiro, pega daqui e arruma dali, depois de um tempinho consegui junta, mas a maior parte da grana veio de uma bicicleta antiga minha que eu vendi, tinha a nova, então não precisa dessa antiga mais, e jogos de vídeo game que vendi tbm, consegui o valor e paguei, e tive que segurar minha ansiedade até chegar, e claro tinha me certificado que vinha tudo lacrado.
Nesta mesma semana, no sábado quase sempre a noite nós íamos na missa, para ir a igreja de carro, percorríamos a BR que corta a cidade de uma ponta a outra, na volta da missa, retornando por ela, numa curva, tinha um travesti fazendo ponto, a cidade era pequena mas já tinha isso, eu já tinha visto antes é claro, mas não com aquela vontade que eu tava, meu pai fez um comentário:
- nossa, que falta de vergonha na cara!
Mal ele sabia que seu filhinho também não tinha essa vergonha, passei o domingo na boa, batendo minhas punhetas, o Andre tinha sumido, vai ver se arrependeu de me comer e não queria mais me ver, eu que não ia perguntar.
No decorrer dos dias eu meio que por acaso encontrei o Carlos, lembram-se dele, o outro amigo que eu tinha em comum com Andre, também era quatro anos mais velho, perguntei do Andre que tinha sumido, e me falou que ele tinha viajado, mas que chegaria logo, tava respondida minha duvida, aproveitei e dei uma sacada no Carlos pra ver se ele sabia de algo ou não, mas me pareceu normal.
Naquela noite, como ainda não tinha chego minhas coisas ainda, resolvi pegar minha bicicleta e dar uma volta na BR, fui ate onde o travesti fazia ponto, tinha um posto de gasolina perto, eu entrei na lanchonete do posto, peguei uma coca e fiquei ali sentado olhando ele la longe, vários carros passavam e buzinavam, caminhoneiro então nem se fala, ate que parou um carro, o travesti entrou e sumiram, aquilo já me deu um tesão, então minha mente suja já bolava um jeito de fazer o mesmo.
Após mais alguns dias minha ansiedade acabou, chegou finalmente a encomenda, lacradinho, e não era uma embalagem grande não, era bem discreta, minha mãe tinha recebido kkk, sorte que não abriu, peguei o pacote e corri pro quarto, veio tudo, a peruca, a cinta liga, meia calça, um gel anal e um lindo pênis de borracha, não era vibrador, era mais caro com vibro, tudinho ali para minha devassidão.
Como só tinha espelho grande no banheiro, fui pra La, botei a peruca, vesti meias e cinta e uau, ficou bom demais, com minha bunda já era gostosa, nossa fiquei uma verdadeira putinha, que tesão, não perdi tempo, peguei o gel anal que veio, o pinto de borracha e já soquei no cu pra testar, numa punheta deliciosa, dei minha primeira gozada como cdzinha, ou cdzona, como queiram, depois disso tive que achar um belo lugar para esconder tudo.
Resolvi então tentar algo na noite seguinte, uma noite de quinta feira, mas claro não podia arriscar, o local ideal, seria após o ultimo campo de futebol, perto de uma antiga fabrica de bebidas abandonada, tinha postes la na BR, era iluminado naquele ponto, mas era deserto de casas, então eu achei que la seria seguro, de ninguém conhecido me ver ali, eu precisava de uma saia, fuçando nas roupas mais velhas de minha irmã que não morava mais com a gente, tinha casado, achei uma legal, e ainda um top, tava demais, de calçado, consegui uma sandália no fundão do guarda roupa, não era salto, e nem podia, pois eu não sabia andar nisso ainda, e claro, uma linda calcinha de renda bege, tava perfeito, me produzi no banheiro, com peruca, meia calça preta, cinta liga, calcinha, vestido, top e sandália, um batom roubado de dentro de casa, completava tudo, tinha ficado bom demais.
Meu plano era simples, sair com roupa normal, pegar a bicicleta e botar tudo numa mochila e falar que ia na casa de alguém, tanto faz, quem iria imaginar isso, que eu faria isso, deu umas oito e pouco, já tava escuro, eu sai, fui direto na fabrica abandonada, era o local pra eu trocar, tinha levado ate um espelhinho pra passar batom e me arrumar, a bicicleta ficaria escondida ali, depois de me arrumar, puxei o fôlego, tava nervoso, e tomei coragem, fui pra pista, nossa, os sentimentos que me invadiam eram desde vergonha e sair correndo ate tesão extremo, o tesão claro sempre vencia, cheguei na beira da pista e fiquei parado, não tinha ninguém passando ainda, eu meio que consegui ficar de cabeça meio baixa, e como a peruca tinha franjas, cobria bem meu rosto, la veio o primeiro carro, com luz alta, pensei, “filho da puta”, mas faz parte, não fez nada, so passou, nem vi quem tava dentro, eu já tinha isso na cabeça, de não ficar olhando pra dentro dos carros, pois era claro que se eu visse a pessoa ou pessoas, eles me veriam o rosto tbm, isso eu tinha que evitar, é meio complicado isso, eu estava me expondo mas não queria ser visto por alguém conhecido, então imagina minha cabeça confusa na hora.
E começou a passar mais carros e caminhões, indo e vindo, alguns buzinavam, outros falavam algo, mas ninguém parava, já estava a mais de 30 minutos ali, eu não tinha noção de nada, nem de tempo, nem do que faria quando alguém parasse, ou se ia alguém parar, mas tava divertido por enquanto, eu estava mais relaxado de acordo com o tempo que passava.
La na frente veio um caminhão, bem devagar, aos poucos foi parando, o cara parou bem ao meu lado, abriu a porta do carona, e la dentro eu vi um moreno, na casa dos seus 50 anos, grisalho, ele deu uma olhada de cima em baixo e disse:
- e ai tudo bem, ta afim de da uma volta, vou parar no próximo posto!
Eu super tremulo, so balancei a cabeça dando um sim, e entrei no caminhão, o posto fica fora da cidade uns 3 km, era perto, os caminhoneiros de passagem na região, paravam ali para dormir.
O cara era meio barrigudo, tava com uma camiseta sem manga, tava de bermuda, começou a puxar papo, - eu sou da Bahia, vc mora aqui mesmo?
Eu, - sim, moro ali na cidade!
Ele, - legal, fica frio, eu levo vc de volta aonde ti peguei, cobra quanto?
Nossa, eu simplesmente não tinha noção nenhuma de como responder aquela pergunta, eu não tinha pensado nisso, respondi pra ele no improviso puro, - da oque vc acha que mereço!
Ele deu uma risada e disse, - ta bom então!
Chegamos no posto então, ele já foi encostando no lugar mais isolado e desligou o caminhão, se ajeitou no banco dele puxando a perna e abriu o zíper da bermuda, ele não queria perder tempo, e tbm pra que perder, era obvio oque ele queria e eu, e vcs não acreditam, que puta caralho ele tinha, eu já achava grosso o do Andre, mas aquele era mais, não era tão comprido, mas era um tarugo grosso, ele so olhou pra mim e disse, - vai, chupa aqui gostoso!
E la fui eu, chupar aquela rola, cheguei perto e claro o cheiro era forte, ele não tinha tomado banho, mas o duro que o cheiro na me fazia mal, ao contrario, me excitava, aquele cheiro de pinto suado era delicioso pra mim, com a ponta da língua comecei a lamber a cabeça,para então abocanhar gostoso aquele pintão, o baiano ficou ali na boa, com eu chupetando o pau dele, eu tava com a cabeça no colo dele, então senti a mão direta dele puxando minha saia, e começando a procurar meu cuzinho, ele por dentro da calcinha enfiou a mão, e senti os dedos dele querendo entrar, e logo entraram!
Ele gemia então, - isso, hum, adoro um viadinho novo, que delicia de bunda, vou comer gostoso vc, chupa bem esse pau!
Eu claro mamava gostoso naquela rola, e depois de chupetar bem, ele então mandou eu me levantar, para que pudesse puxar os bancos e assim fazer a cama do caminhão baixar, tinha uma cama atrás da cabine que se puxava sobre os bancos, so ai então ele puxou as cortinas do caminhão, afinal eu com a cabeça baixa so chupando ele, ninguém veria, mas com ele me comendo, ai alguém poderia ver.
Ele acabou de arrumar tudo e mandou eu ficar deitado de lado na cama, ele tirou a camisa e a bermuda e foi por traz, puxou minha calcinha ate nos joelhos, eu acabei de tirar ela, ai então botou o caralho na entrada do cu e começou a empurrar, eu com a mão abria para ele socar, e foi entrando gostoso no rabo, o baiano fungava no meu cangote, a cada socada da vara dele eu dava um gemido, nossa que pau grosso, se tinha alguma prega ali ainda, tava indo embora, pois ele socava fundo, tava suando muito tbm, mas tava gostoso sentir tudo aquilo, depois de socar do jeito que quis naquela posição, mandou eu ficar de quatro.
Ele ficou de joelhos atras de mim e falou, - nossa que bunda gostosa vc tem, nunca comi um cu gostoso assim!
E mandou pra dentro de novo o caralho, como eu gemia gostoso naquela vara, ele fodia minha rosca com uma certa brutalidade, mas era ótimo, ainda bem que já tinha dado o cu antes, tava larguinho já pra aguenta aquela foda, o baiano não mudava o ritmo, socava mesmo, eu não aguentando aquela posição fui me deitando com a bunda pra cima, ficou melhor pra mim, mas pra ele ficou melhor ainda, pois ai conseguiu botar as mãos na cama, e com isso socar com mais força ainda no meu cu, e como bombava, o suor dele caia nas minha costas, ate que gozou, tirou o pau pra fora e despejou porra na minha bunda, depois de lavar ela toda com seu leite, ele se virou e deitou na cama ao meu lado, isso tudo no maior aperto, afinal estamos falando de um caminhão.
Ficamos ali relaxando, ele deitado suando ainda e se recuperando da gozada e eu com a bunda pra cima toda lambuzada, eu fiquei com o rosto virado pro lado da porta do carona, não olhando pra ele, meio assim, não sabia oque fazer, ai depois de alguns minutos eu me virei e vi aquele corpo todo suado, o pau dele tava meio duro e meio mole, ele então subiu a cabeça ate na lateral da cabine, arrastando seu corpo mais pra cima, com isso seu pau veio ficando quase na mesma distancia do meu rosto, olhei pra ele, e aquilo começou a me dar mais tesão ainda, num instinto sem pensar, fui ate seu peito suado, e beijei, passei minha língua no bico do peito dele, que arrancou um suspiro, fiz isso e fui descendo com minha língua pelo suor dele, passei no umbigo e cheguei no pau dele com a cabeça ainda lambuzada de porra, tudo que fiz, foi lamber e beijar aquele caralho, e por fim abocanhar, sugando a porra dele que restava, depois de limpar bem a cabeça, desci ate seu saco, e suguei suas bolas, que estavam hiper suadas, mas o gosto para mim estava delicioso, ele gemia, o caralho dele já estava ficando duro de novo.
Sai do saco e fui no peito dele, beijar os bicos do peito, isso com minha mão massageando suas bolas, tava muito tesão tudo isso, ele então mandou eu deitar de frente, ele se levantou, pegou minha pernas e abriu elas e socou o caralho de novo, e parecia mais com vontade fuder do que antes, e o suor começou a pingar de novo, ele abaixou o rosto ate minha boca, e mandou eu lamber, enquanto fodia minha rosca, claro que fiz, tava adorando aquilo, nos ficamos naquela posição por um bom tempo e depois de longos minutos socando, tirou o pau pra fora e veio ate meu rosto e enfiou na minha boca e gozou, o jatos de porra batiam na garganta, apesar de já ter me lambuzado a bunda antes, ainda saiu porra suficiente pra me encher a boca, ai sim, ele não aguentava mais, deitou de lado, acendeu um cigarro, típico neh, mas acendeu, abriu um pouco as cortinas e relaxou, já passava da meia noite, nem tinha visto a hora passar, precisava ir embora, pedi pra ele me levar aonde me pegou, no caminho ele me deu uma toalha pra se limpar o rosto, nada mais justo, a porra era dele, minha bunda ainda tava grudenta rs.
Chegamos no local aonde tinha me pego, ele tirou um grana e me deu, - e ai ta bom isso aqui!
Eu so falei que sim, nossa, meu primeiro programa rs, que putaria, desci do caminhão e dei um tchau, eu fui la na bicicleta, peguei a toalha que tinha trazido dentro da mochila, passei na bunda e aonde dava pra me limpar da porra e me troquei, e fui pra casa, no caminho so pensava em todas possibilidades que se abriam para mim depois dessa noite, afinal tinha sido puta de um cara na BR, e foi ótimo, aquele medinho sumiu, sabe la mais oque poderia fazer.
Fim desta parte, espero estar agradando, logo posto a sequencia, isso tudo e só o começo, tem muito mais, votem e comentem, beijos.
Foto 1 do Conto erotico: CAMINHONEIRO COMEDOR NA BR – PARTE 03

Foto 2 do Conto erotico: CAMINHONEIRO COMEDOR NA BR – PARTE 03


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario galah

galah Comentou em 04/04/2018

Tiffany: estou adorando os seus contos.

foto perfil usuario gordogulososp

gordogulososp Comentou em 28/08/2017

Sou louco pra dar para um caminhoneiro

foto perfil usuario suruba_pa

suruba_pa Comentou em 06/08/2017

Delícia de conto, adoraria servir caminhoneiros assim, se tiver algum entre em contato?

foto perfil usuario celo24

celo24 Comentou em 16/07/2017

Como gostaria de estar no seu lugar amiga!!!

foto perfil usuario brunace

brunace Comentou em 29/06/2017

otimo conto, quem nunca sonhou em fazer isso? rsrs eu ja com certeza

foto perfil usuario silveirasilva

silveirasilva Comentou em 19/12/2016

Caramba Tiffany vc foi corajosa. Muito tesão. Estou adorando seus contos.

foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 16/12/2016

Oi tesão! Que delícia vc é, e essa experiência com caminhoneiro, eu sou doido para ser putinha na boleia de algum caminhoneiro bom de pica! Se souber de algum que costuma vir ao ES, passe meu contato! Quero muito! Betto




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


93025 - A primeira experiência. - Categoria: Travesti - Votos: 27
93153 - GOZADA NA BOCA E VARA DE NOVO - PARTE 2 - Categoria: Travesti - Votos: 14
93447 - DANDO PRO OUTRO AMIGO - PARTE 4 - Categoria: Travesti - Votos: 8
94761 - MENDIGO COMEDOR – PARTE 05 - Categoria: Travesti - Votos: 12
100304 - Programas na BR - PARTE 10 - Categoria: Travesti - Votos: 13
102935 - Trepada na oficina e uma insinuação de zoo - PARTE 12 - Categoria: Travesti - Votos: 19
107971 - O vagabundo intimidador me pega de novo e me faz pagar sua divida. - PARTE 13 - Categoria: Travesti - Votos: 18

Ficha do conto

Foto Perfil tiffanycrossdresser
tiffanycrossdresser

Nome do conto:
CAMINHONEIRO COMEDOR NA BR – PARTE 03

Codigo do conto:
93274

Categoria:
Travesti

Data da Publicação:
15/12/2016

Quant.de Votos:
14

Quant.de Fotos:
2


Online porn video at mobile phone


contos dopou irmã fuder guadrinhofuck in the assrapaz exitado no moleton xvidiocontos eroticos de sograultimos contos sadomazoquistaconto erotico novinho comeu a sogra safadaconto.eroticos.2017novinha .safadahttp://mozto.ru/conto/12159/704907/carla-primeira-orgia.htmlHentai quadrinhos pai ve a filha de vestido e sem calsinha filho ve a mae de vestido e sem calsinharapaz rebolando na rola de 27cm de bruçoerotico meu paibucetadamarta danetporno em quatrinho o prefeitoconto erotico velho e esposa humildeviadinho meu pai tem um bar contos eróticos Anã fode gostoso conto eróticoela acordo tda molhada de pora dele pornocontos eroticos com ai ui e palavroes e gimidos com maquinas de fodecontos erótico de mae filho filha e sobrinhaContos eroticos maldososcontos eroticos de coroas cagando no paucontos eróticos minha filha chupa meu pauContos eroticos meu irmãozinho d é um profissional em chupar bctquero ver meu marido comer o cu da minha irma. conto eroticocontos gay pedreiro do interiorConto erotico quando eu era pequena mamae fazia eu pega no pinto do meu paifotos de buceta japanase maturecontos eroticos comi a crenteconto erotico de tanto ciumes meu irmao me fudeocontos eroticos me amarraram e comeram na obraconto erotico gay novinhoComtos erotico na chuvabuceta com buceta grudadinha gozando bem gostosos imagem lesbiscas contos eroticos com tamanco salto altoConto erotico cabacoMae gosta de pau conto incestocontos erotico arrobaram meu cusinho virgem sem do nem piedade chegou sangrar sem pararcontos erotico meu filho e amigoscontos eróticos eu meto e conto tudo oro meu maridomundo erotico contosporno gay cdzinha afeminado teenultimos contos erotico perdendo as pregas do cum insinuei e fui estrupada e gostei muito contos eroticosconto.erotico comi uma mulher toda tatuadacontoeroticocasadasafadaConto erotico com fotos de podolatria cheirando e chupando pes de primas embaixo da mesaquadrinho eroticonifetinha de chortcontos eroticos coroa estendendo roupaesposa da buceta lindaHQ bart simpsons sexo gayconto erotico menininha criada mamando na rola de seu padrastoconto erotico comendo um cuzinho dormindoQuadradinho erotico conto 2006ultimos contos sadoContos eroticos cofrinho aparecendoconto viuva vizinha taradaconto erotico amiga novinha bebadaDei meu cu pro amigo do meu corninho na frente dele contos com fotopaizinho mete fode soca buceta goza contocontos eroticos virei cadela latindoquadrinhos hentai, com a mae gorda e feia conto erotico o triste fim de jessicameu primo me estrupou emgravidei delede vestido curto e sendo encoxada contoscontos erotico marido corno dos amigosContos e fotos de tias e sobrinhos pauzudosconto erotico de patricinhaConto erotico pivete pintudomorena boa semana com amizade com entregador ele come ele a forca pornoPornolesbicascontostravesti comeu priminha novinha de chortinho curtoPegqui minha hitiada no banhi i x video pornoContoeroticoabusosvidio porno saiafudeno mutoporno gostoso en quadrinhoContoeroticoempregada atoladaporno.com negao levanta a saia da gostosa casada enfia até o saco surpresa pra o corninhocontos com fotos esposas loba de cornoacordei sendo penetradocontos eróticosporno conto erotico de traiçãocontos eroticos xilocaina