Porteiro pauzudo arromba o meu cu na garagem




Eu tinha ido na The Week e lá havia conhecido um cara delicioso. Trepamos gostoso por umas duas num motel. Agora eu estava voltando pra casa. Eram 5h da madrugada. Me sentia exausto. Eu saia do carro quando fui surpreendido por alguém me agarrando por trás. Era Fernando Henrique, o porteiro pauzudo do meu prédio. Fazia umas duas semanas que ele havia arrombado o meu cu. Eu ainda não tinha esquecido daquela foda no meu apartamento.
Fernando nem me deixou falar e logo já foi me apertando contra a lateral do carro. Pressionou seu corpo musculoso e pesado contra o meu.
— Eu quero meter no seu cu — falou com sua voz máscula.
Eu sentia o seu cacetão duro na minha bunda.
— Abaixe sua calça! — Ordenou.
— Você está maluco. Não dá pra fazer isso aqui. Pode chegar alguém e além do mais tem as câmeras.
— Você não sabe que eu posso ligar e desligar qualquer câmera deste prédio. Agora cale a boca e abaixe sua calça.
Não relutei. Eu estava gostando daquilo. Abaixei a calça e a cueca.
Fernando tirou o seu pau para fora da calça. Ficou esfregando por um momento o seu cacete duro como uma rocha na minha bunda. Eu me derretia de tesão.
Fernando procurava o meu buraco com o seu cacete. Logo em seguida, sem qualquer lubrificação, ele me penetrou. Sua metida a seco provocou uma dor gostosa. Ele começou a bombar com fúria. Eu estava gostando daquilo. Minhas mãos se apoiavam na janela do carro e eu empinava a bunda para sentir todo aquele caralho no meu rabo.
Escutamos o barulho de um carro entrando na garagem. Abri rápido a porta do carro e me deitei sobre os bancos da frente. Escutei um carro estacionar e depois a voz de Fernando cumprimentando um morador do prédio.
— Boa noite, Mateus!
— Boa noite, Fernando. Mas já é quase bom dia.
— Bom descanso, Mateus.
— Obrigado.
Logo depois, Fernando bateu na janela. Ainda com a calça nos joelhos, abri a porta do carro. Notei que havia uma mancha na sua calça. Quem visse aquilo pensaria que ele tinha gozado na calça. Mas aquilo era a minha baba do cu.
Ele nem me deixou sair do carro. Quis que eu permanecesse sentado e foi tirando seu pau para fora outra vez. Enfiou seu cacete na minha boca. Senti o gosto do meu rabo naquele pau. Comecei a mamar gostoso a rola do porteiro. O gosto de cu logo desapareceu. Fernando segurou minha cabeça e começou a foder minha boca. Metia até a minha goela e me deixava sufocado. Mas eu gostava daquilo.
Quando ele se sentiu satisfeito de chupeta, mandou eu sair do carro.
— Sai do carro agora — soou nos meus ouvidos como uma ordem que eu deveria cumprir sem hesitar.
Ele abriu o seu cinto e abaixou sua calça e sua cueca até os joelhos. Me fez voltar para a posição anterior. Eu apoiado na janela do carro, com as costas arqueadas e de bunda empinada.
Começou a meter fundo e com velocidade. Uma das suas mãos estava no meu quadril. A outra puxava com força os meus cabelos. Ele parecia um soldado romano conduzindo uma biga. O som das suas bolas batendo nas minhas coxas ecoava na garagem. Eu nem me encanava com isso. Meu tesão era grande demais.
Fernando meteu sem trégua por alguns minutos. Enfiava todo o seu caralho no meu rabo. Diminuía o ritmo e deixava sua pica pulsando lá dentro. Depois retomava com as pistoladas frenéticas.
— Tá gostando de levar ferro no cu? — Perguntou.
— Ahm-Ham — respondi.
O porteiro continuou metendo sem dó. Eu me sentia como uma boneca inflável sendo massacrada sem piedade. Fernando estava cada vez mais ofegante. Seu rosto estava coberto de suor.
Então Fernando parou de bombar. Mandou eu ficar de joelhos na frente. Eu estava gostando daquele seu jeito dominador, mandando, exigindo, dando ordens. Ele começou a bater uma punheta brava. Era lindo ver aquele macho de pernas abertas, com sua calça na altura dos joelhos, batendo uma punheta. Eu tinha uma visão privilegiada. Via seu cacete brilhando com a baba do meu cu. Via seu saco e suas bolas balançando a cada movimentos da bronha. Via a cabeça vermelha do seu cacete se expondo e se escondendo. Seu pauzão estava a apena alguns centímetros do meu rosto. E eu podia ver como ele grande e grosso. Eu conseguia sentir o cheiro de macho que emanava da sua pentelhada negra.
Fernando começou a esporrar na minha cara. Gemeu alto e seu corpo se sacudiu com os espasmos do gozo. Ele derramou uma fartura de porra sobre mim. Depois ele meteu seu caralho na minha boca. E despejou o resto do seu leite na minha goela. Sua porra era deliciosa.
O porteiro mandou eu lamber todo o seu cacete até ele ficar bem limpinho. Limpei aquele caralho com bastante prazer. Depois ele ergueu a cueca e a calça. Ajeitou sua camisa e começou a caminhar. Depois de uns três passos falou alto:
— Você ainda está me devendo uma cerveja gelada.
— É só subir no meu apartamento quando quiser.
Ergui minha cueca e minha calça. Fechei a porta do carro. Caminhei até o elevador. Subi até meu apartamento no oitavo andar. Não quis tomar banho. Me despi e me joguei na cama. Tentei dormi. Não conseguia. Continuava sentindo o cheiro de macho daquele porteiro pauzudo. Então bati uma punheta relembrando aquela foda na garage. Gozei. Depois eu caí num sono profundo.

# Se você gostou, faça um comentário. Beijo na sua pica. #

Foto 1 do Conto erotico: Porteiro pauzudo arromba o meu cu na garagem

Foto 2 do Conto erotico: Porteiro pauzudo arromba o meu cu na garagem

Foto 3 do Conto erotico: Porteiro pauzudo arromba o meu cu na garagem

Foto 4 do Conto erotico: Porteiro pauzudo arromba o meu cu na garagem

Foto 5 do Conto erotico: Porteiro pauzudo arromba o meu cu na garagem


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario bichinhaloca

bichinhaloca Comentou em 19/04/2015

Fiquei morrendo de inveja de vc agora, eu quero um porteiro pra mim tambem

foto perfil usuario temogym

temogym Comentou em 24/03/2015

Conto muito bem escrito.

foto perfil usuario rodrigoalemao

rodrigoalemao Comentou em 19/03/2015

bom,mas tem q colocar fotos de vcs..

foto perfil usuario riquefaf

riquefaf Comentou em 19/03/2015

tesão de contos! muito bom mesmo, votado!

foto perfil usuario andersom lima

andersom lima Comentou em 19/03/2015

Muito bom..parabens!!!

foto perfil usuario gugu7l

gugu7l Comentou em 19/03/2015

Muito bom, que porteiro de sorte hein, ter uma putinha como vc ao dispor dele, pra satisfaze-lo... votado...

foto perfil usuario rabo guloso

rabo guloso Comentou em 19/03/2015

É uma delícia ser usado assim.

foto perfil usuario hunter50

hunter50 Comentou em 18/03/2015

delicia de conto...fotos do caralho mano...votei

foto perfil usuario homemmaduro

homemmaduro Comentou em 18/03/2015

Adoro os porteiros.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


61876 - Ulf pauzudão mete sem dó em Will - Categoria: Gays - Votos: 5
61933 - A fantástica rola de um jovem romeno em ação - Categoria: Gays - Votos: 4
61961 - Porra para os que têm sede de leite - Categoria: Gays - Votos: 3
62038 - Eu chupei um cacete em plena Avenida Paulista - Categoria: Gays - Votos: 6
62089 - Dei o meu cu pro porteiro pauzudo do meu prédio - Categoria: Gays - Votos: 32
62154 - Acabei com o cabaço do cu do meu sobrinho - Categoria: Gays - Votos: 57
62718 - Comi e rasguei o cu do estagiário na marra - Categoria: Gays - Votos: 27
62966 - Um hétero na minha cama - Categoria: Gays - Votos: 16
63090 - Arrombei o cu do filho do vizinho. E ele quer mais - Categoria: Gays - Votos: 65
63155 - Comi carne na sexta-feira santa e detonei um cu - Categoria: Gays - Votos: 10
63226 - Um hétero na minha cama – Parte2 - Categoria: Gays - Votos: 24
65027 - Um hétero na minha cama - Parte 3 - Categoria: Gays - Votos: 23

Ficha do conto

Foto Perfil dawsonprick
dawsonprick

Nome do conto:
Porteiro pauzudo arromba o meu cu na garagem

Codigo do conto:
62173

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
18/03/2015

Quant.de Votos:
35

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos do negao judiano colocando o pintao grade para valer no cu do gaycoroa gostosa vibrador no cu masturbando buceta esnobando marido cornoconto erotico sobre gordinhaSogra sem calcinha no jardim seachConto erotico víadinhocontos eroticos minha bola de voleisirirca pro meu filho conto5 sado contos eroticoschupando o pedreiro contoQuadrinhoseroticosirmasporno em quadrinhos de negao e loiracontos eroticos gay guardacontos dupla penetração no consultório de ginecologia conto erotico.mao.amiga heterosConto erótico menino gay vira travestiContos eroticos usando botas e luvascontos eróticos minha cunhada medrosacontos gays meu primo me pegou cheirando a cueca dele e me fudeuConto erótico gay grupal de meninosConto erotico eu e meu marido bolinando nossa filhacontos eróticos comendo a viznhaContos eroticos so gosto de fazer brochea filha do roçeiro deu cu contos eroticosporno em quadrinho minha mae dando pro meu amigo negro na festagay onibus calça de moleton contos eroticissexo em quadrinho gay a forçavirei o lanchinho da turma contosporno quadrinho familia e assim parte 3conto eroticos levei muito no cu do tio do meu maridocontos eroticos eu de 23 anos e minha sograconto erótico priminhas inocentecontos gostoso de reconciliaçãoconto erótico , cornoConto erotico gay eu e um travesticontos com fotos esposas loba de cornoa liga da justiça pornContos erótico violei minha colega da faculdade na salahqs gay pornocontos eroticos gay eu limpando pal sujo de sebocontos eroticos irmaconto porno de lotacaoconto erotic pagei a mulher do meu amigoconto erótico bundona carenteesposa puta caiu na netcontos eroticos dando a buceta por dinheiroconto erotico pastorconto erótico gay rei jek conto interessanteconto eroticomeu vo chupava minha buceta todo diaquadrinho eroticos ilustradocontoseróticosvelhos pauzudos chantageando esposas para comer seu cuzinhonovinha foi nada na casa do tio e liberopracontos heroticos mi ha esposa e desconhecidotransa cara do Tinder contomunheres fragadas transandocontos eroticos a irmazinha do amigoseiosbicosgrandeshentai anal mulher maravilha estrupada e violentada no fundo do onibusConto gozei encoxadaConto erotico patroa empregadaporno as brasileira casada da o cu apedadiho pro amatepentelhudo conto gaycontos eróticos de filha ficou gafida deConto erotico si ensinuando ma frento do maridocontos erótico de que se vendem a mulher e homens casadosdonselinhas gostosinhasxvideos corno chupado fltcontos eróticos casado sozinho com amigo gay deu gostosoContos reas meus filhos rasgaran meu cu virgemMasturbando escondida moz ate gozarcontos flagrei minha esposa traindo numa festacontos de incestos e orgias nudismo entre irmasconto erotico goiana putinhaporno contos negao da mandiocacontos erotico de mulher que seduziu picineirocontos de sendo bulinada pelo velhotaradaobunda toda marcada de arranhada e porrada sexo porno branquinhascomendo a bucetinha da lucinha e o cuzinho da ritinha contos eroticosconto erotico minha prima me seduziuVOVO NARRANDO PUTARIAEM FAMÍLIAScoroas bebadas sendo fudidas grosas e taduerconto erotico um peludo comeu meu cuconto erotico meu marido trouse os amigos pra casaConto erotico de pedreiroConto erotico gay rasgaran meu cuindefeso e fragil conto erótico gay