Corno Submisso ao Negão 1- Como tudo começou


Click to Download this video!


Ola a todos!

Sou leitor assíduo do site e hoje resolvi compartilhar minhas histórias com vocês. Acima de tudo são obras de ficção baseadas em acontecimentos reais, dito isto aqueles que não se sentirem a vontade com temas como dominação de casais, corno, esposas safadas, humilhações e degradações, por favor, não leia este conto. Aos demais que sabem apreciar um verdadeiro conto erótico, lhes desejo uma deliciosa leitura!
Rogério era um homem que a maioria das pessoas pode considerar de privilegiado. Vindo de boa família nunca passou nenhum tipo de dificuldades da na vida, pois sempre teve tudo do bom e melhor. Fisicamente era considerado bonito, loiro de olhos azuis, medindo 1,80m de altura, com 78kg bem distribuídos em seu corpo razoavelmente malhado fizeram com que ele sempre fosse considerado atraente entre as meninas. Portanto conquistar belas jovens era uma coisa normal para o jovem Rogério.
Durante seus tempos de estudante Rogério tinha muitos amigos na escola particular onde estudava. Talvez por ser popular entre as pessoas e com seu jeito sempre amigável com todos ele inconscientemente tenha despertado a inveja de Francisco, ou Chicão como era conhecido.
Chicão era daquelas pessoas que nascem para ser jogador de basquete ou futebol americano, pois ele sempre foi muito grande para sua idade. ao 15 anos ele tinha 1,90m e era respeitado e temido por todos os outros alunos. Infelizmente as garotas também não lhe davam ideia. Chicão era filho do zelador da escola o Sr. Francisco, e por isso ele tinha bolsa de estudos. Diferente de Roger os traços de Chicão eram brutos e desproporcionais, suas mãos eram enormes assim como seus pés e sua cabeça. Sua pele era muito escura como carvão o que lhe rendia o apelido de Angolano, algo que ele simplesmente detestava.
Mas apesar da inveja reprimida que Chicão sentia de Roger, ele nunca teria lhe feito nada contra o sujeito se ele não tivesse se metido a besta com a Priscila. Priscilinha era a unica amiga que Chicão tinha em toda escola. e Obviamente ele era apaixonado por ela, afinal somente ela lhe dava afeto. Priscila era muito meiga, com 1,52m e pesando 42kg muito bem distribuídos em seu corpinho de nissei. Mas o que mais chamava atenção em Priscila era seu rostinho angelical e seu cabelão na cintura.
Uma bela noite em uma festa Roger que podia ter qualquer garota esbarrou com Priscila. A atração entre os dois foi imediata e logo os dois estavam namorando. Roger impaciente queria que comer logo Priscila, mas com apenas 14 anos ela era virgem e tinha medo de se entregar assim ao primeiro namorado.
O pior de tudo é que como eram confidentes ela contava todas essas coisas para Chicão, sem se dar conta do quanto aquilo o perturbava por dentro. De tanto insistir Roger finalmente conseguiu com que Priscila cedesse a seus avanços e numa bela tarde de quarta, Priscilinha entregou sua virgindade a aquele que ela acreditava ser seu grande amor. Mas o ato pelo qual ela tinha criado tantas expectativas não foi tão prazeroso e divertido quanto ela imaginou que seria. Na verdade foi bem dolorido, ainda bem que não durou muito tempo. Pelo menos o seu amado parecia feliz e saciado.
O namoro entre Priscila e Roger prosseguiu e eles, para o desespero de Chicão, passaram a transar constantemente porem, ela continuava não vendo nada de mais no sexo e apenas o fazia para agradas Roger. Talvez com mais tempo aquilo melhorasse pensava a jovem. Em dado momento Priscila desconfiada de alguns enjoos fez comprou um teste de farmácia e descobriu que estava grávida. Nervosa porem feliz, pois teria um filho do homem que amava a jovem foi contar a novidade a Roger que reagiu da pior maneira possível. Talvez se ele soubesse como essa decisão afetaria toda sua vida ele tivesse agido diferente. Mas Roger não podia deixar que aquela gravidez estragasse o futuro que sua família tinha programado para ele. Roger dispensou Priscila como se ela fosse um pedaço de carne podre e lhe disse com todas as letras que o que eles tiveram nunca foi sério, pois ela deu muito fácil e que não era mulher pra ele. Arrasada a jovem saiu chorando desesperada da casa de Roger.
Foi ai que Chicão ficou sabendo de tudo e jurou para Priscila que iria dar uma lição em Roger. Priscila não queria que seu amigo se metesse com Roger, pois sua família poderia a vida de Chicão. Mas não teve jeito. Um dia Chicão esperou Roger entrar no banheiro da escola e entrou logo em seguida trancando a porta pelo lado de dentro. Rogério estava urinando em uma das cabines fechadas quando Chicão entrou junto e trancou a porta pelo lado de dentro.
- Que porra é essa? O que você ta fazendo o Angolano?
- Angolano?! Agora que você vai apanhar mesmo seu merda! Vai aprender a tratar uma mulher com respeito! -disse Chicão dando dois socos violentos na cara de Roger.
Roger ficou mole com os golpes e chicão aproveitou para enfiar a cabeça do sujeito dentro do vaso. O negão abaixou a tampa e colocou o joelho em cima apertado o botão da descarga. Desesperado com aquela água salgada e suja Roger se debatia tentando erguer a tampa, mas a força de Chicão era muito superior e sua posição lhe dava total vantagem sobre Rogério. Chicão apertou o botão da descarga repetidas vezes até que Roger parou de se debater. Chicão levantou a tampa do vaso, mas Roger não teve coragem de olhar para cima ele ficou ali parado, com a cara enfiada dentro da latrina como se esperasse a autorização de Chicão para agir. O negrão ergueu Roger pelo colarinho da camisa e o jogou no chão diante dos seus pés. Roger chorava copiosamente, mas sua cabeça se mantinha baixa, ele se sentia humilhado e denegrido demais para olhar aquele sujeito bruto nos olhos.

- Parece que você entendeu seu lugar! É isso mesmo, mantenha SEMPRE a cabeça baixa quando estive na minha presença! Você não tem ideia do quanto eu não te suporto! E te desprezo muito, você é um lixo e é assim que será tratado por mim!

Roger que nem em seus piores pesadelos imaginava passar por algo do tipo, ouvia aquelas palavras duras com raiva, mas sem coragem suficiente para refutar aquele homem que o tinha espancado e dominado tão facilmente. Seu rosto cabelo e blusa estavam encharcados. Seus olhos não conseguiam parar de derramar lagrimas e agora ele estava começando a tremer, Roger só não sabia se tremia de frio ou de medo. Talvez fosse os dois.

- Beije meus pés grandes! - disse Chicão enquanto tirava os tênis.

Aquilo era demais para Roger. Aqueles pés fedidos e suados e ainda por cima negros. Roger não gostava de ficar com meninas negras, ele já havia beijado alguns pesinhos antes, mas todos eram lindos e delicados assim como suas donas. E agora aquele homenzarrão estava apontando seu pé grande, negro e suado para que ele beijasse de boa vontade. Se prestar a tal papel voluntariamente acabaria com qualquer resquício de orgulho e dignidade que Roger poderia ter. Ele só conseguia ajoelhado no chão do banheiro torcendo para que tudo aquilo fosse um terrível pesadelo.

- Você pode fazer isso de dois meios, do fácil, ou do difícil. Para mim tanto faz. Mas e você quer mais dois socos no olho seu merdinha?
- Não, por favor, não me bata mais, eu beijo seus pés!
Com um sorriso vitorioso Chicão viu Roger se curvando para beijar o peito do seu pé. Nunca em toda sua vida Chicão tinha se sentido tão poderoso como naquele momento. Ele nunca pensou que vingar as lagrimas de Priscila seria algo tão libertador.

- Já está bom! Agora enfia sua cabeça dentro do vaso viadinho! -disse Chicão enquanto desabotoava suas calaças.

Submisso, Roger não tinha nenhuma coragem ou impeto para conseguir dizer uma só palavra que pudesse contestar aquelas ordens humilhantes. Mas desta vez ele ousou olhar para cima, como se fosse tentar falar alguma coisa, mas seu olhar parou no pau enorme de Chicão. Roger não achava que seu pau era pequeno, mas também tinha consciência de que 15cm não eram algo grande. Já o pau de chicão sem estar duro era maior que o dele em ereção. A visão daquela geba foi o golpe de misericórdia em seu ego. Aquele negro filho da puta lhe era superior em tudo fisicamente.

- Anda logo seu merdinha enfia sua cabeça no vaso logo! - disse Chicão lhe dando um tapa na cara.
Humilhado, mas morrendo de medo de apanhar mais Roger abraçou o sanitário e colocou sua cabeça dentro dele.

- Isso, é assim que eu gosto. Veja se meu mijo está bem quentinho seu merdinha! - disse o negrão enquanto soltava seu mijo na cabeça e rosto de Roger.

Aquele novo grau de humilhação fez com que Roger se sentisse como um verdadeiro lixo. Permitir que aquela água salgada, quente e amarela atingisse seu rosto sem revidar o fez entender o quando ele era covarde e submisso. Mais do que isso, ele sabia que nunca seria capaz de revidar a nada que Chicão lhe impusesse. E foi por isso que no dia seguinte após toda essa tortura Roger foi reatar com Priscila alegando que ficou nervoso com a noticia de ser pai. E lhe pediu perdão por tudo. A jovem ficou tão feliz por seu amado ter voltado que nem perguntou porque ele estava com o rosto inchado e olho roxo.

Continua.....

Foto 1 do Conto erotico: Corno Submisso ao Negão 1- Como tudo começou

Foto 2 do Conto erotico: Corno Submisso ao Negão 1- Como tudo começou

Foto 3 do Conto erotico: Corno Submisso ao Negão 1- Como tudo começou


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario ursinhomadurosp

ursinhomadurosp Comentou em 10/01/2015

Adoria ser submisso a um macho assim....

foto perfil usuario casalbiroo

casalbiroo Comentou em 13/11/2014

nossa amigo. fui casado e hoje estou deparado. mais sou louco pra me casar com uma mulher bem safada. que faça eu chupar ela toda melada e depois os dois mijarem em me. quero esta mulher pois tinho condiçoes financeira pra bancar ela e o amante gostozo dela.. meu email casalbiroo




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


56232 - Corno Submisso ao Negão 2- Priscila e o Entregador - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 6

Ficha do conto

Foto Perfil cornoboborio
cornoboborio

Nome do conto:
Corno Submisso ao Negão 1- Como tudo começou

Codigo do conto:
56191

Categoria:
Sadomasoquismo

Data da Publicação:
12/11/2014

Quant.de Votos:
8

Quant.de Fotos:
3


Online porn video at mobile phone


caseiro conto gaysou casada e amo meu marido mas virei putinha do meu chefeContos eróticos de cornos com dotadosconto erótico ninfomaníaca metendo muitocontos eróticos de sexo entre mãe e filhoquadrinhos amigos negros interracialpornô brasileiro comendo a irmã do meu amigo enquanto ele vai comprar cerveja toda lendo mas ele ele sabe comprar cerveja ou fundo nela gostoso ruiva safadaconto erotico de mae que de cobre que o filho que come ela[email protected]Conto goza pai ui ui no cuesposa corno femdom conto eroticofodendo a tia dormindo no dwollandcontos gay marinheiro roludocomendo o barbeiro bundudo de minasvídeo pornô massagista dando gostoso de bruço por Palmacontos eroticos de advogadasconto erotico ilustrado travesti bem dotado arrombou a buceta da esposa do corno de pau pequenocontoerotico negrinhosquadrinhos idosas no cio lesboscontos eroticos com garotas com primeira transadezenho porno en quadrinho dos frisdosmaconha conto erotico gayconto eroticos de infânciacontos eroticos incestos trai meu marido com meu filhoteConto porno desdi pequena pai e mae me comemae tirando cabaco de filhosou gay e me divirto com meu cão todas as noites engatados contos eróticoseu conto peguei o meu cunhado cheirando a minha calcinhaconto eroticos cumi minhas mulheres a força num assaltomeu filho fez mulher de puta quadrinho eróticomulher do papaizinho conto gayconto erotico homenageando esposaminha esposs adora ser cornuda contos eroticosconto comi minha esposa e um casal bixesualfilhaputacontocontos buceta da primacasa dos contos eroticos irma dormindoCntos heroticos degay eseu irmao heteroConto erotico homem com ninfetinhaPorno contos eróticos doce infanciacasa de swing porno contoconto erotico incesto baba pervertidas5 sado contos eroticosconto erotico com sexo selvagemContos eroticos com maridos que flagaram a esposa mostrando a bucetaContos e fotos de idosas boqueteirasSexo gostoso contoai ui tio safadogozadas longaschupando grelo até ferirtesao chefeeu levei minha filha pro motel pra eu fuder o cu virgem da minha filha conto eroticocontos eróticos gay entre irmãos/de sandro virei sandrinhaeu sou agora esposa do meu ex sogro viúvo conto eróticocontos churrasco esposascanalhacontos eróticos lesbicos colando os velcrosConto erotico primaporno veronica bella e seu titio carlaocontos erotico escravizei e depilei minha sograContos eroticos com fotos de podolatria com a medicaecontos eroticos meu padrinho tirou meu cabaçocono eroticos fragada pelo marido. engatada com cachorro herculescoroas crentes fudendo o cu contos reoticosconto minha esposahomem pintudo estrupa fi-lha virgemAi ai meu cu conto incestosexo cdzinhacontos eroticos gay dei o cu no acudetesao chefecontos eroticos as amiguinhas da minha esposafilho da empregada contos eroticos gayporno quadrinho 3dcontos eroticos noiva novinha rabuda fode com cunhado e sogro e aguenta seus cacetes de 27cmsconto erotico, pai deixando amigo bulinar a filhinhaquadrinho porno de pokemonSeiren quadrinho comendo a mae do meu melhor amigo interracialcontos erotico namorada na praia com amigoshistorias eroticas de tritãoquadrinhos eróticos xxx gay virando adultofiquei sozinha na casa do titio e provoquei ele sem calcinha pornominha mãe filmou meu pai me comendofilho1000 conto erotico incestoconto erotico de sogra gostosaconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cucontos sexo dildos duploscontos com quadrinhos de incestos papai entrou no meu quarto e comeu meu cuzinho a força comigo dormindo