ESTUPRO TARDIO!


Click to Download this video!


ESTUPRO!
Sempre tive a fantasia e ou o fetiche de ser estuprada, muito me masturbei na adolescência pensando nisto, cresci, casei, me tornei mãe, casada com um homem maravilhoso, abrimos o próprio negocio, um belo dia olhando umas fotos da juventude, hoje tenho 60 e poucos anos, muito em forma, academia 6 dias por semana, loirinha, peitos duros, xaninha depiladinha e minúscula, coxas grossas, bunda saliente, olhando as fotos me lembrei de quantas vezes me excitei pensando num estupro, numa tarde noite, eu e meu marido após o trabalho, saímos para beliscar uns petiscos e beber um vinho, terminei bebendo um pouco acima da conta, notei no bar uns rapazes atraentes, olhei sem interesse nenhum e vi quando um deles me fez um sinal me jogando um beijo. Tremi todinha. Olhei de novo e ele fez um sinal de querer conversar, balancei a cabeça discretamente que não, ele fez um gesto de choro e neste momento lembrei de meus fetiches pensando que bem poderia ser ele a me estuprar, minha xana molhou todinha, senti minha calcinha toda molhadinha. Pedi para meu marido para irmos embora, ele pagou a conta e saímos, nosso carro tinha ficado um pouco longe do bar, saímos caminhando em direção ao carro, o lugar estava escuro, quando meu marido abriu as portas, levamos um empurrão para dentro e dois homens entraram junto no carro na porta de traz, um estava armado com revolver e o outro com uma faca, meu marido falou calmo com eles e perguntou o que queriam de nós, o que parecia ser o mandão falou que queriam grana que era para ir até o banco retirar dinheiro, meu marido olhou as horas e falou que o caixa eletrônico aquela hora não tirava mais dinheiro então o sujeito falou, vamos para meu barraco esperar o banco abrir, meu marido dirigiu por vários bairros seguindo a orientação dele, eu estava apavorada, cruzamos vários bairros e ruas até que entramos numa rua deserta e entramos num terreno baldio que tinha uma maloca nos fundos, colocaram umas amarras nas nossas mãos, mandaram nós descer sem fazer nenhuma bobagem e fomos conduzidos pra dentro da maloca, tinha somente um sofá velho, uma cama caindo os pedaços, um fogão e um banheiro sem porta. Amarraram nossas mãos e mandaram sentar no sofá, pedi para ir ao banheiro pois precisava fazer xixi, um deles me levantou e me levou até o vaso, pedi para soltar minhas mãos, ele falou que não e que ele iria tirar minha roupa, levantou minha saia devagar, abriu um sorriso com a visão que estava tendo, chamou o outro, ô cara vem ver, minhas coxas bronzeadas estavam de fora eu ainda estava de calcinha, que beleza de coxas ele falou, mandou o outro tirar a calcinha, pedi por favor para não fazerem isto, levei um tapa no rosto e mandaram eu calar a boca, o da faca encostou ela num lado da calcinha e cortou, enfiou no outro lado e cortou também, a parte da frente caiu e mostro minha xana branquinha, pequeninha e bem depiladinha, que loucura eles falaram, gritaram pro meu marido, baita mulher a tua meu, hoje ela vai fazer a nossa alegria, mandaram eu fazer xixi e me lavar na pia, comecei a chorar e levei outro tapão, fica quieta, aqui tu pode gritar que ninguém vai te ouvir e caíram na risada, quando um falou, tu vai chorar e de alegria, fiz xixi, soltaram minhas mãos, peguei um pedaço de sabão e me limpei, me levaram de volta pro sofá, mandaram eu sentar no braço e começaram a tirar minha blusa, meus peitos saltaram pra fora da blusa, fiquei nuazinha, não uso soutien, duros que estavam de pavor, logo um deles passou a mão, mandou eu levantar, ele sentou no braço do sofá, me puxou pra perto e começou a chupar, morder, o outro veio por traz e começou a passar a mão na minha bunda, enfiou o dedo no cofrinho e falou, que bundona tem esta tia, é dura pra caralho, o outro que chupava meus peitos, enfiou o dedo na minha xana, com tudo aquilo acontecendo me lembrei dos meus fetiches, não esperava ser daquela forma, imaginava algo mais romântico, ora estupro romântico não existe, ao passar o dedo na minha xana ela molhou e o tarado falou, ela ta gostando, a buceta dela ta toda molhada negrão, o que estava por traz veio ver e ai que notei ser ele um homem negro, alto, forte, passou a mão na minha xana e falou, ela já ta pronta para dar pra nós, vamos nos divertir, começou a tirar a roupa, não resisti e olhei o corpo dele, musculoso, coxas grossas, peito forte e me apavorei quando olhei pro penis dele, mole, era muito maior do que o do meu marido, tremi todinha, ele falou, viu mole e já tremeu, imagina quando tiver duro dentro dela, o que estava sentado levantou e fui colocada sentada com as coxas bem abertas, ele caiu de boca e começou a chupar feito um doido, não resisti e gozei bem quieta mas eles notaram, a vadia ta gozando, ele se pelou e olhei que era um cara franzino e de pau normal, já estava durão, me empurrou para deitar no sofá e veio por cima de mim, me puxou bem para baixo ficando com a xana bem na ponta do braço, levantou minhas pernas e foi metendo o penis, pedi para pelo menos colocar preservativo no penis, os dois riram alto, que camisinha o que, que penis o que tu vai levar pau puro sua vadia e enfiou o pau com toda a força, senti minha entranhas se abrindo e ele falou, negão, tu não vai conseguir fuder esta vadia, ela é muito apertada, começou a meter bem doido, que buceta gostosa ele tanto enfiou que não me contive e gozei de novo, olha negão ela ta gozando de novo, goza sua putona e enfiou mais e mais, eu já estava gostando, eu sempre gostei de transar, nisto o negão se chegou próximo de mim e mandou eu chupar o pau dele, chupa cadela vadia, ele já estava com o pau durão, nossa, era muito grossão e grande, devia ter uns 24, 25 cm, o pau dele tinha um cheiro azedo, ele falou, ta fedido¿ vai chupar assim mesmo, passei a língua, gosto ruim, ele mandou eu abrir a boca e botou na boca, não entrava ele forçou, minha boca parecia que ia rasgar, ele falou, nossa cara, sabe aquele ditado, boca pequena buceta também¿, vou querer comer esta bucetinha dela, goza logo cara que eu quero entrar, minha boca estava cheia daquela tora, fiquei imaginando, não vai entrar e se entrar vai me rasgar, imaginando ela dentro de mim, comecei a gozar de novo, o que estava me comendo não tinha jeito de gozar e ai o negão mandou ele sair fora, pensei, chegou a minha hora, o negão veio pra minha frente, mandou eu abrir bem as pernas, colocou a cabeçorra na portinha e tentou meter, fiz sinal para ele vir próximo que eu queria falar, pedi baixinho, vai devagar que sou muito apertadinha e pequeninha, ele riu alto e falou, olha ai cara, falando pro meu marido, ela quer que eu enfie devagarinho porque ela e apertadinha, é muito vagabunda tua mulher, deu uma cuspida no pau e começou a enfiar, a cabeça não entrava, porra, mas ela e apertada mesmo, vou ter que rasgar esta puta, nisto deu uma empurrada com força e a cabeçorra entrou, quase desmaiei de dor, me encolhi todinha, ele parou, doeu sua puta, fiz que sim com a cabeça, logo tu acostuma com o tamanho e enfiou, nossa me rasgou de vez, empurrei ele, me deu um tapão no rosto que ardeu e senti que escorreu algo dentro de mim, ele notou, esta puta gosta de apanhar, deu uma estocada e outro tapa, por incrível que pareça, gozei, pra que, comecei a apanhar mais, agora de leve, senti que o pau não tinha mais lugar dentro da minha xana, sentia ela toda cheia de carne dura dentro, começou a me dar uma tesão, levantei as pernas, passei em volta da cintura dele e pedi, fode negão desgraçado, filho duma puta, empurra tudo se tu é macho, ele enlouqueceu e atolou o que pode, não aguentava mais de dor e ele enfiando tudo, mesmo sentindo muita dor, tive o melhor e maior gozo da minha vida, o outro só batia punheta e veio colocar o pau dele na minha boca, assim que colocou, nunca eu tinha feito isto, engoli todo o pau dele e senti minha garganta se encher de porra, ela ta tomando minha porra negão, ta gostando né sua puta ele falou, fiz que sim com a cabeça, era muita porra mesmo, enquanto isto o negão mesmo entalado dentro de mim me pegou no colo e me levou pra cama, na passada olhei para meu marido, ele baixou a cabeça, me deu pena dele, então pedi para ir por cima, queria ver se entrava tudo, ele deitou, fui por cima, sentei e comecei a ajeitar prum lado e pro outro e o pauzão entrou tudo, ele gritou pro outro, mas ela e valente, entrou tudo cara, comecei a cavalgar sentindo meu útero aberto e com pau dentro, se é que é possível, gozei gostoso, pensei, quero ver meu marido se ele ta curtindo pois varias vezes ele me convidou para ir num suingue, fui virando de frente pro meu marido engatadissima, ele estava me olhando e fz sinal com a cabeça para aproveitar, continuei cavalgando e gozei um gozo dilacerante vendo meu marido olhando eu cavalgando um pauzão grande e grosso, o outro que estava olhando também veio para perto já de pau duro também, abocanhei o pau dele, fiz sinal que iria me virar, resolvi pedir pro negão virar e ficar deitado de cabeça pro meu marido, ele virou e nós ainda engatado, fiz sinal pro outro ir para traz de mim, ele foi, peguei o pau dele e puxei em direção da minha bunda, olha negão, ela quer da pra nós dois ao mesmo tempo, senti ele abrindo minha bunda e encostando o pau, com uma mão abri bem ela pedi para ele deu uma lambida no meu anus, ele riu e falou, isto é cú vagabunda, deu uma lambida mesmo assim, deu uma cuspida no meu cuzinho e enfiou pra dentro, senti meu corpo tremer todo pois senti dor com a enterrada bruta do ordinário, gritei devagar seu corno, ele falou, corno e teu marido que ta até de pau duro vendo nós fuder o teu cu e tua buceta, os dois começaram a mexer rápido e senti que os dois iriam gozar, o negão me puxou pra cima dele e puxou minha cabeça para me dar um beijo, resisti mas a força dele era maior e me beijou, nossa, a língua dele também era grande, quase senti na minha garganta, ele espetando o pau na minha buceta, a língua na minha boca e o outro espetando o pau no meu cu, não resisti e comecei a urrar num gozo que parecia que nunca mais iria terminar, senti o negão levantar dentro de mim, sai do beijo e pedi, enche meu útero com a tua porra, ele me puxou e me beijou de novo, desta vez correspondi ao beijão e gozamos juntinho, ele gozou tanto que a porra começou a vazar da minha buceta, logo o outro que comia meu cu, também gozou quase junto, era porra escorrendo tanto da buceta quanto do cu, levamos mais de duas horas nesta fudeção quando gritei, chega, não aguento mais fuder com vcs, estou toda dolorida. O negão falou, vcs estão liberados, podem ir embora, não vamos querer a grana, esta buceta e cu já foi demais. Podem ir embora, me vesti cambaleante, meu marido veio me socorrer e o negão falou, ainda vai ter que fuder com ele, deve ta cheio de tesão de ver tu levando tanto pau e porra por todos os buracos, na buceta ele não vai sentir ela de tão larga que deve ta, e riu, eles nos levaram até um lugar e mandaram ir embora, antes de sairmos eles alertaram, se quiserem repetir a dose, deixem o carro no mesmo lugar outras vezes, quem sabe a gente não repete, riram os dois. No caminho eu não tinha coragem de olhar para meu marido, ele carinhosamente passou a mão no meu rosto e falou, esta ardendo teu rosto dos tapas que levastes, fiz que sim com a cabeça, comecei a chorar e ele falou, nada do que aconteceu aqui hoje vai mudar meu comportamento, mesmo que tenhas gostado, compreendo. Chegamos em casa ele foi me ajudar num banho, após me levou para a cama, me fez uma massagem relaxante que terminei adormecendo. No outro dia ao acordar, toda dolorida, procurei falar com ele e .........isto é assunto para o outro conto.
Foto 1 do Conto erotico: ESTUPRO TARDIO!

Foto 2 do Conto erotico: ESTUPRO TARDIO!

Foto 3 do Conto erotico: ESTUPRO TARDIO!

Foto 4 do Conto erotico: ESTUPRO TARDIO!

Foto 5 do Conto erotico: ESTUPRO TARDIO!


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario welington santos

welington santos Comentou em 08/01/2015

nossa que conto mais doido.. mas esta de parabens muiti exitante...

foto perfil usuario camps

camps Comentou em 08/10/2014

Tive que ler de novo, adorei!!!

foto perfil usuario camps

camps Comentou em 07/10/2014

Muito excitante! Adorei...

foto perfil usuario escopiao

escopiao Comentou em 06/10/2014

Queria que minha esposa fosse como voce assim ela poderia aproveitar um belo cacete como este da foto.

foto perfil usuario

Comentou em 03/09/2014

Delícia de conto, delícia de mulher vendo suas fotos dei um banho de beleza e sensualidade em meus olhos, gostaria muito de fazer amr com o casal, deixa eu amar você, deixa ? Beijos,

foto perfil usuario mindu

mindu Comentou em 14/08/2014

hum q delicia de coroa

foto perfil usuario sol45ma

sol45ma Comentou em 13/08/2014

muito bom gostei

foto perfil usuario dionisio

dionisio Comentou em 13/08/2014

adorei seu estuplo q delicia eu tenho muito tesão em imaginar comer uma mulher a força mas é só tesão

foto perfil usuario casadosul

casadosul Comentou em 13/08/2014

pqp que conto!!! gozei muito lendo ele!!! demais!

foto perfil usuario jota stk

jota stk Comentou em 13/08/2014

Adoramos seu relato muita exitante transamos lendo e fantasiando teve nosso voto parabens

foto perfil usuario Soninha88

Soninha88 Comentou em 13/08/2014

conto maravilhoso, e as fotos do pauzão grossão são lindas, queria esse pauzão pra mim, iria dar bem gostoso...iria querer tudo no rabinho...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


44569 - CORNEANDO NO SWING - Categoria: Traição/Corno - Votos: 29
45361 - TREPANDO NA PRAIA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
50563 - CORNO DO TELHADO! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 18
54442 - CORNEANDO E FATURANDO! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
56479 - FATURANDO EM BLUMENAU! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
58032 - Meu anão negro dotado - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
59229 - Meu anão negro dotado - escrava sexual - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
63503 - Aventura em Morro de São Paulo.Meu nativo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
77909 - Aventura praiana 1. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil bermuda
bermuda

Nome do conto:
ESTUPRO TARDIO!

Codigo do conto:
51758

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
12/08/2014

Quant.de Votos:
27

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


Quadrinhoseroticossobrinhasconto/erotico escrito - Gordinha Traidora  milftoon português brasileiroconto erótico castigoporno contos erotico fui para comer e fi comidofoda para engravidar.conto. eroticoconto erotico cunhada doente mentalcontozoofilia cachorro fodendo garotinhassexo com o amigo de classe contos eroticoscoroa hostosa contos eroticosContos eroticos,mendigo m estrupou virgem e choreixvidio animadocontos eroticos flagrei minha esposa seduzindo meu amigoconto erotico quadrinhovizinhasvirgensContos de cdzinhaconto garotinha metendocontos eroticos incesto minha irma se oferceu para minanal de lado contosconto erotico em cochando e fudendendo a boneca trans e comedo ela dentro do coletivoconto erotico gozada dentro da bucetaboys égua pica sexoeu e minha sobrinha conto eroticocontos erotico incesto recente pag 77conto erotico dando pro exconto enfermeira safadinhaay papy haitai nrgoesconto foda a trêspornô brasileiro comendo a irmã do meu amigo enquanto ele vai comprar cerveja toda lendo mas ele ele sabe comprar cerveja ou fundo nela gostoso ruiva safadacomendo a gabi minha filha caculadei Boa Noite Cinderela para minha mãe e abusei dela arranquei a roupa delacontos eroticos sexo com minha mae de bikinicontos eroticos trans hormonio calcinhaultimos contos sadocontos dopou irmã fuder guadrinhocontos eroticos comi minha avóconto porno me separei da minha mulher depois que peguei ela com o amantecontos com fotos esposas loba de cornoxvideis 2017comi a minha tiahomem casado dando cu praguei dapica grandedeficiente foda mozContos eroticos de travecos avantajados.Filhinha provocando papai conto erotecocorno negro hq esposaconto erotico perdi minha namorada virgemcontos eroticos esposa coloca coleira no maridoContos eróticos minha esposa no banco de trascontoeroticocarnavalcontos amigo dorme em casa esposacontos eroticos sograsQuadradinhas eroticos contos eróticos vovó gay dando o cuxvidios porno a mae chupador a rola dor filho no martohentai hq gayContos eroticos .meu filho me comeu no sofa da salaContos eroticos vacilei e comeram minha esposaquadrinho espiando a mae mozto.rucontos sexuiasEncontrei porra na buceta de minha esposa mas finjo não saberpraia de nudismo contoscontos comeram cu da esposa no escuro na barraca marido dormmindo com fotosthiagoonoivoo negro picudo amigo de meu filhocontod eroticos virgem novinha dez anoscalcinha para o sobrinho contosContos eróticos de incesto mamae gulosa mamando no pauzaos dos seus filhos e de mais cinco negao em um gang bangA bucetona da minha cunhada contossem pentelho contos5 sado contos eroticosContosinsestofamiliaso contos de gay fazendo as maiores loucuras aronbando o cu bem aronbadocontos eroticos de sograquadradinho erotico incesto COM HUMORquadrinhos eróticosbuceta melando pauconto porno saiu sanguecasa dos contos tia 22cmIncesto 7 em nome da mae e do filho phcontos gay cheiro de picaContos de viadinho novinho c vestidinho e shortinhodesenho heitay em quadrinhosconntos eroticos de incertos com mega pauzudo pegando irmanzinha e sua amiguinhacontos eroticos exibicionismoContos eróticos adoro da meu cu escondida do meu maridoComtos erotico putinha.Buceta e c aadas pelo pau do papai negao. Conto erotico heterossexual.porno soutinhocontos eroticos incesto mae com fotosben 10 gay xxxcontos erotico do tema o lord siluver e o seu desipulo em quadrinhosconto como tornei escravo do patrao