O NEGÃO SERRALHEIRO


Click to Download this video!


Olá amigos venho mais uma vez aqui narrar outra transa que eu tive antes de me casar e que me dá tanto tesão ao lembrar.
Tudo aconteceu quando minha mãe resolveu trocar o portão de nossa casa e contratou um serralheiro,por coincidência eu estava de férias do serviço nessa época,e já no primeiro dia que ele estava trabalhando em casa, minha buceta já piscou de tesão de olhar para aquele homem.Sr Daniel era um homem na casa dos quarenta anos,mas parecia menos,alto,negro,magro,e chamava muito a atenção.Eu sempre ouvia falar que negros geralmente tinha pau grande,mas nunca tinha dado para nenhum,talvez tenha sido isso também que me chamou a atenção e que me deu tesão em imaginar aquele homem dentro de mim.
No segundo dia que ele estava trabalhando em casa,me levantei,tomei um banho,coloquei um shortinho bem curto,tomei café e fui ver o que sr Daniel estava fazendo,fiquei conversando um longo tempo com ele e percebi que ele era bem safado,pois não parava de olhar para minhas pernas e me elogiou várias vezes.No meio da conversa descobri que ele era recém separado,e ele me falou que lamentava eu ser noiva,fiquei com um pouco de vergonha quando ele me falou isso,mas ao mesmo tempo,minha buceta já estava toda molhada de tesão em imaginar o que poderia fazer com aquele macho.
Entrei,preparei um almoço e fui chamar sr Daniel.Com uma cara bem safada perguntei se ele queria comer,ele com mais cara de safado ainda falou que sim.Então entramos e eu perguntei o que ele gostaria de comer,ele então me olhou e com cara de tarado,falou escancarado que adoraria comer uma buceta bem branquinha,então se aproximou de mim e perguntou se eu não gostaria de comer uma linguiça,demos risada e sem mais pensar,ele me agarrou por trás e começou a beijar minha nuca,meu pescoço enquanto alisava meus seios,pude sentir seu pau roçando em minha bunda,o que me deixou mais molhada ainda,então ele me pegou me colocou em cima da mesa,tirou minha blusinha,meu sutiã e começou a sugar meus seios arrancando gemidos de tesão de mim.Então falei para subirmos para meu quarto,quando chegamos ele me jogou na cama,foi tirando minha roupa e a sua,me deixou toda nua e ficou só de cueca,então se enfiou entre minhas coxas e começou a me chupar minha buceta,me fazendo gemer de tesão enquanto o xingava de safado,cachorro.Não aguentei e gozei muito em sua boca,Sr Daniel se levantou e falou: - Vem aqui putinha,mamar o pau do seu negão. Essas palavras me deixaram muito louca de tesão,então me ajoelhei fui abaixando sua cueca e quando seu pau saiu de dentro não acreditei no que estava vendo,um enorme cacete preto,grosso e cheio de veias saltadas,não perguntei o tamanho,mas com certeza uns 23 cm tinha,não pensei duas vezes,abocanhei aquele cacete com gula,Sr Daniel segurava em minha cabeça tentando atolar tudo na minha boca,mas não dava para engolir aquilo tudo.Sr Daniel gemia,me chamava de putinha,cadela,enquanto eu mamava com mais gula ainda,sentindo que estava prestes a gozar,ele tirou o pau da minha boca e ficou batendo com ele no meu rosto,então me falou: Vem cá vadia que eu vou te arrombar sua cadelinha.Então se sentou na beira da cama,colocou aquele cacetão pra cima e eu me colocando de costas comecei a sentar sentindo aquele pau enorme me invadindo,quando me acostumei com aquilo tudo dentro de mim,comecei a cavalgar lentamente enquanto Sr Daniel alisava meus seios,beijava minha nuca,aos poucos fui aumentando o ritmo e ele já me puxava pra cima dele.Então trocamos a posição e ele me colocando deitada na beira da cama atolou seu pau em mim,colocou meus pés em seus ombros e começou a me foder com muita força,eu estava em êxtase,não sabia mais nem o que falar,ele me olhava e me xingava de vadia,cadela,meu tesão ia aumentando cada vez mais,então ele saiu de cima de mim,me colocou de quatro e começou a me comer mais forte ainda,ao mesmo tempo que batia na minha bunda,não aguentei mais e acabei gozando aos gritos.Sr Daniel continuou me fodendo então anunciou seu gozo,falei que podia gozar dentro mesmo,pois eu tomava remédio,então ele não pensou duas vezes,me segurando mais forte e aos berros de cadela,vadia e puta,gozou feito um cavalo na minha buceta.Aos poucos seu pau foi amolecendo dentro de mim,e quando tirou minha buceta pingava porra,escorria nas minhas coxas.caí exausta na cama,enquanto ele se vestia e me chamando de vadia,falou que tinha adorado me comer.então tomei um banho,descemos,almoçamos e ele voltou ao seu trabalho.
Sr Daniel trabalhou mais três dias em minha casa e transamos nos três dias,no último dia resolvi encarar aquilo tudo no meu cuzinho,depois que ele terminou o serviço,nunca mais transamos,mas não consigo esquecer essa foda maravilhosa que foi com o primeiro pau preto que me comeu.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario negro ebano 42

negro ebano 42 Comentou em 01/09/2013

adoraria te oferecer um outro pau preto bjos

foto perfil usuario negraocasado

negraocasado Comentou em 22/07/2013

Não quer experimentar um segundo pau negro delicia? gostei do conto...beijos tesão e o voto!

foto perfil usuario terranova

terranova Comentou em 22/07/2013

Um texto super excitante. Bem escrito e cheio de tesão.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


31622 - Como me tornei puta - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
31915 - O cunhado do meu noivo - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
34317 - TRANSANDO COM PAI E FILHO(PRIMEIRA VEZ COM 2) - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10

Ficha do conto

Foto Perfil coroa39
coroa39

Nome do conto:
O NEGÃO SERRALHEIRO

Codigo do conto:
32557

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
21/07/2013

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


sou puta safada/contoscontos eroticos realizando putaria por dinheiroFilha disse pra mae que ela queria perder seu cabaço com seu pai conto eroticoirmã espera a outra ficar de percebida e dá em cima do namorado pornôcontos eroticos, me usou para pagar dividaPatrao coroa rico casado que dava dinheiro para sua empregada virgem ele fudeu sua buceta virgem conto eroticoconto erotico mortacomi minha sobrinha contocontos eroticos calcinha no varalQuadrinho porno a minininha safadaconto erotico com o avotio mete no cu da subrinha de chortinho na cuzinhagatinho lan house conto erótico gayjardineiro come o filho do partrao contoscontos eroticos vizinha crente kkkkquadrinho gay porno amigosfotos de jeba descomunal duracontomulher do caseiro btoxaconto erotico criei pelo bucetawww.xvideos esposa branquinha depois de uns drinks foi deitar maridoconto erotico gay a caronaComi minha avo contos eróticoscontos eróticos esposa vira ponta de um negão dotado perto do maridomete na mamae conto eroticoporno conto erotico esposa bondosa e os negrosfarra com a esposa do amigo contome assustei com o tamanho do pau do meu primo pornoconto porno foi trair e se deu malxvido porno pag6 dupla penetrasao com a gordinha do cornoesfolaram minha xanaContos eroticos dp com o namorado e um negao roludocontos eróticos estuprei minha irmãContos sexo com mãe e filhacontos eroticos estupraram minha esposaconto erotico_tio do meu marido mi comeu na frente deleContos de incestos de mães gordinhas com seus fiho fotos delas peladascu da família conto eróticoeu tirei meu cabaco com meu tiocontos eroticos de goiania com fotos gratiscontos porno de menage masculinahistoria em quadrinhos lucia vendo um homen batendo punheta no banheiro oh familiaenteada nuano conto erotico melho tramsa d minha vida foi com minha mae e minha tiacontos cd porno climaxconto erotico a excurssao 3contos zoofilia na fazendacontos eroticos vovo mim fudeu no canilultimos contos sadosContos eroticos sarrei no meu bebe inocentescontos eroticos incesto ensinei minha filha fuderconto erotico de homem come a mulher que era louco por elacontos eroticos corno bebadomulheres q traí deus matidos r. quadrinhos eriticos pornocontos reais eroticos estourei o cu da filinha do meu vizinhosexo menage femininoconto eroticocaipira dano abuceta para goratao come ela e enchela de galaSexo com Beto Papakuconto erótico swing com minha esposa e minha mae e meu paiContos eronticos vendedor de cocaca na praiaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas gostosassexocontos eroticos minha sogra quis econto erotico desenhi despedidapornô brasileiro fui convidado para ir para casa da amiga minha na fazenda ela tava de babydollolhando pelo buraco da fechadura só via um pintão entrando e saindo de dentro dela. contos eróticosporno flagrei titiafudendocontos er¨®ticos incesto ensinei minha filha a ser cadelaconto erotico rafa2014contos eróticos Irma virgemconto: gozei feito vadiasexo conto erotico socando bombando bucetaperdi as preguinhas do cu quando era pequenacontos erótico Julianaquadrinho filho taradoGostei no cacetao do meu genrroContos eróticos eu e meu padrasto meu bem novinha padrasto bem dotadContos eroticos gordas e fudidaconto coroas foram estrupada por meninosConto erotico de negao jorando poraquadrinho porno de futebolwww.tava tomado banho minha entra casa de banho e me da sua pucetaconto errotico apostando a esposacontos eróticos sobrinha senta no colo do tio e fica exitadaConto erótico travesti negra contos d tia emrrada por sobrinhocontos eróticos traição concedidabeatle pornô bunda grande e de bruçoscomi minha tia contoconto erotico concunhadameu irmão fode me todos diasnegao para esposas contoszoofiliacantoContos reas meus filhos rasgaran meu cu virgemconto erotico em quadrinhos o jardineiroconto erotico exibindoContos erotico travest baile funkconto erotico casado gay