Apenas seguindo as regras do patrão


Click to Download this video!


Eu estava entrando no banho, quando meu patrão apareceu de repente no quartinho. Fiquei toda sem graça, tentei puxar a toalha pra me cobrir, pedi licença falando baixinho (ele sempre me repreendeu quando falava um pouco mais alto, me ameaçando me mandar embora se não falasse no "tom permitido dentro daquela casa), me sentia um peixe fora d'água naquela mansão cheia de regras, mas precisava do dinheiro então aceitei ir 1x por semana pra fazer uma limpeza básica (ele já tinha outras empregas, é tão rico que precisava de alguém só pra limpar os tapetes) ele dizia que eram tecidos nobres e precisava de alguém mais delicada pra fazer o serviço.
E lá estava eu, 1x por semana, joelhos no chão e de quatro esfregando delicadamente aqueles tapetes. Ele é muito exigente e sempre ficava observando meu serviço assim como de outras empregadas.

Não sei porquê mas fui a única que ele exigiu que usasse uniforme diferente (o delas era uma calça e blusa preta e o meu um vestido branco, parecia aqueles filmes antigos) e a cada 15 dias, dava descanso pras outras meninas. Então uma semana sim outra não, ficava eu, e aquele patrão bravo me rondando pra ver se eu fazia tudo certinho. Sentia medo de ser mandada embora então ficava quietinha só fazendo o que ele me pedia. Não me sentia confortável em ficar de quatro com aquele vestido, mas o que ele me pagava por dia, eu conseguiria me manter por uma semana, então aceitei.
Achava constragendor mas a regra lá dentro era "ninguém falar, opinar, comentar sobre nada referente ao trabalho do outro, por mais estranho que parecia, todos fingiam que nada via, apenas seguia as regras daquele único morador em troca de um bom salário.
Cada vez que ficava de quatro pra limpar aqueles tapetes, tentava ficar com as pernas bem juntinhas pra ele não ver minha calcinha, morria de vergonha, mas não queria abrir mão daquele dinheiro.
Certa vez ele ficou sentado no sofá lendo livro, ao lado de onde eu estava limpando, tentei ir pra outro cômodo limpar outro tapete, mas a perceber ele me impediu dizendo: HOJE É ESSE QUE VOCÊ VAI LIMPAR, A CASA É MINHA, AS ESCOLHAS SÃO MINHAS, FAÇA O QUE MANDO OU ESCOLHA OUTRO LUGAR PRA TRABALHAR. (queria chorar mas sempre aceitava calada).
Continuei limpando até que ele novamente disse algo:
ESSE TAPETE NÃO É TÃO DELICADO QUANTO OS OUTROS, ESFREGUE MELHOR. E continuei indo e vindo com aquela escova no tapete até que percebi que tinha esquecido das minhas pernas fechadas e estava lá, com a bunda toda arrebitada, só pensando em limpar e não decepcionar meu patrão. Quando ousei arrumar meu vestido que senti que estava mostrando minha bunda, ele disse:
SE TIRAR A MÃO DESSA ESCOVA E DO TAPETE É RUA... continuei calada, com aquele vestido me fazendo passar vergonha deixando minha bunda de fora enquanto esfregava cada vez mais aquele tapete. Quando termeinei, deu meu horário e pedi permissão pra ir embora. Ele só mexeu a cabeça dizendo sim, corri pro banheiro pra tomar banho e ir embora, quando ele entra no banheiro (meu patrão tinha cópia de todas as chaves e não se intimidou ao mostrar que tinha do banheiro também). Tentei me enrolar na toalha, mas não consegui. Os braços dele me prenderam primeiro, com força me levou pro cômodo que eu estava limpando, colocou um pano na minha boca pra caso eu gritasse, e disse: VOU TE ENSINAR COMO FAZ PRA DAQUI 15 DIAS FAZER DIREITO. Sem entender, achando que eu havia estragado algo, com medo de precisar pagar algo e não dinheiro pra isso, aceitei a bronca e fui escutando calada e com muito medo. Pediu pra eu ficar de quatro, eu ali pelada, me sentindo um lixo, quando ele gritou: EMPINA ESSA BUNDA, COLOCA SEU BRAÇO PRA FRENTE E ESFREGA DIREITO E NÃO PARECENDO UMA MADAME LIMPANDO. VOCÊ É MINHA EMPREGADA. VOCÊ QUER CONTINUAR TRABALHANDO AQUI?
Com lágrimas nos olhos mexi a cabeça que sim, vendo ele de baixo pra cima, com minha bunda toda aberta, meus braços esticados quase reverenciando ele, pra seguir suas vontades em fazer um trabalho bem feito. Ele tirou o pano da minha boca, e apenas disse: agora vai.
Tomei banho, fui embora, e daqui 15 dias estarei lá pra fazer um trabalho bem feito pro meu patrão.

Gostou? Adoraria ler seu comentário.
Lis


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


105273 - Apenas Seguindo as regras - Reunião do patrão c/ cuzinho a mostra (parte 2) - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 11

Ficha do conto

Foto Perfil lissalvatore
lissalvatore

Nome do conto:
Apenas seguindo as regras do patrão

Codigo do conto:
104199

Categoria:
Sadomasoquismo

Data da Publicação:
03/08/2017

Quant.de Votos:
13

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


flanelinha contosconto erotico syberhq gay primos roludoscontoeroticopatroasdesenho eroticoda familia surunbacontos de incesto mae ajuda filho a sair da crise de bucetaleomar1111 fotos.ALEX_pirocudo.spconto erotico gay tecnicodbundas enormes aregacadasOs Simpsons sexo pornô em quadrinhoshistoria em quadrinho porno irmoa estorando o cu da maniaconto erotico.com furry gayhentai 15 anosquadrinho Xvidio encoxatriz de frente em conducaoPorno de um padrasto rebentado a buceta delaconto erotico dando a buceta na esquina sem querercontos eróticos ladrão entraram na casa e mandaram ficar todos peladosconto erotico pai roludoextraordinário quadrinho e contos incesto pornoconto casada novinha pintudo me arregaçou na brutalidadeconto erotico minha priminha tardavapai e primo fodem sua sobrinha piriguete conto eroticoConto erotico de frutalContos trai meu marido com velho negao pedreirocontos veridico mulher casada ,mas nao resistiu ao travesti bem dotadocontos heoroticos novinhoscontos eroticos a parada na blitzMilftoon esposa sendo comida pelo patraoprimeira vez no clube swing ja virei corno mansoQuadradinho erotico conto 2006meninas da buceta piquena e apertada virgemgostosas coroas transando com filho e genroconto com a patroacontos eroticos de imcesto mae e filho 12contoeroticopatroasconto erotico criei pelo bucetaultimos contos eroticos e fodas imcriveisConto erotico primo vendo a bucetinha da primaacordei de conchinha com meu amigo sexo gaybucet dese 17Conto porno com forto o fazendeirocontos o encanador pica ggpatroascontoeroticoporno esposa lambe o cuxvideo porno gay tocando pulheta anjos até gozaAFELHADA PELUDA FODENDO COM PADREcontodevaginacontos eroticos gratis de meu pai tem um pintao grossofilho conto eróticoOs carreteiros gay peludoskomiks porn story cartoon mompornô mulher grita posso mexer minha vagina dentro e fora regaço tudo com a mãonegras dargostozoporn contos eroticos toda noite amarrada e usada no barconto erotoco dei meu cu e minha buceta para pagar a compramanuela visinha ninfeta daquele jeito na janelagostosa calça branca homenageada punhetaduas mulher se beijando na boca aí uma pega no perfil dela e fala assim aí deixa eu pegar no seu pipiu já que deixou sua mulher que eu fui beijando deixa eu te beijar tambémpausudo faz gostosa desmontarDp na casada conto eroticoOuvi mamãe gritando quando a esporravam a conacontos gay dei pro meu primo marginalfilha do pastor conto eróticocontos eroticos de incestos com padrasto cacetudosMae da banho no filho pequeno conto com fotoarrombamos minha irmãzinha contosaula de masturbacao contofui chantageada e como vinganca trepei com outro xnxxcontoerotico sobrinha cabacinhacontos erótico com fotos melhores temas sograsContos eroticos avo e neta filmando com celularconto erótico evangélicas gostosasdei minha bucetona greluda pra meu sonbrinho novim contoseroticoseu conto com minha vendedora de calcinhamulher bududa bucetona fudenox vidio comtos eroticos flaguei minha irmã avóa vingança do corno conto eroticoquadrinho outra chanceouvi um barulho estranho de noite fui olhar era meus pais trasando video pornocunhadinha louca para tirar o capaso d cunhadosexo com a minha sogra flagranteMinha,sogra Rabudascontoseroticodas meninasconto erotico consoloeroticos minha mae gorda deume a conacomto erotico levi minha esposa no puteiro e ela acabou fazendo programa piranhaconto erotico: meu pai e seus amigos me comeram gostosocontos incesto comendo minha maecontos eróticos adoida minha sogra pediu pra mim tira fotos delaconto erot gozando nelacontos eroticos de incestos com padrasto cacetudosconto erotico cumi minha subrinha no onibos lotadohatai minnha mae e muita gostosaContos gay pau pequenoxvideos pono com novinhas ninssei analconto erotico de irmao do meu colegar saradao mim comeu brutalmente gaycontos eroticls de nua em publico a hulmilhaçao continuao sogro pauzudo e safado/ contos eroticos